A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

06/08/2015 13:21

Deputados vão criar comissão especial para acompanhar Lama Asfáltica

Leonardo Rocha
Junior Mochi reuniu deputados e estes decidiram criar uma comissão especial para acompanhar Lama Asfáltica (Foto: Roberto Higa/ALMS)Junior Mochi reuniu deputados e estes decidiram criar uma comissão especial para acompanhar Lama Asfáltica (Foto: Roberto Higa/ALMS)

Os deputados realizaram uma reunião no final desta manhã (06), na sala da presidência da Assembleia, onde decidiram de forma unânime criar uma comissão especial para acompanhar as investigações da operação Lama Asfáltica, realizada pela Polícia Federal, CGU (Controladoria Geral da União) e MPF (Ministério Público Federal).

Esta sugestão foi dada pelo deputado Pedro Kemp (PT), na última terça-feira (04), na primeira sessão após o recesso. De acordo com o parlamentar, os deputados precisam organizar uma ação sobre esta investigação, já que a população cobra providência do legislativo, responsável pela fiscalização ao poder executivo.

“Todos acataram esta sugestão e resolveram confirmar a comissão especial, agora resta a cada bancada e bloco partidário fazer a sua indicação, que deve ocorrer na próxima sessão da Casa de Leis, na terça-feira (11)”, disse Kemp.

O deputado citou que este grupo de trabalho poderá requisitar mais informações e dados sobre a investigação, tendo acesso ao seu conteúdo, por meio de documentação. “Poderemos acompanhar de perto e não apenas ter conhecimento de informações por meio da televisão e jornais”.

O líder do PMDB, o deputado Eduardo Rocha, ressaltou que o partido foi favorável a criação desta comissão e que agora irá marcar uma reunião com sua bancada, para decidir qual será o seu representante e suplente.

O presidente da Casa de Leis, o deputado Junior Mochi (PMDB), já havia adiantado que os parlamentares iriam se reunir para decidir o que fazer sobre este assunto, lembrando que foi feito de comum acordo entre os partidos e bancadas.

Investigação - A Operação Lama Asfáltica apura corrupção de servidores e fraudes em licitações, esquema que seria comandado por João Amorim. No último dia 9 de julho, a Polícia Federal, CGU (Controladoria Geral da União) e Receita Federal cumpriram mandados de busca e apreensão na Proteco, no escritório e na casa de Amorim, na Agesul, na Secretaria Estadual de Infraestrutura e também na casa de Edson Giroto, ex-deputado federal e ex-secretário de Obras do governo de André Puccinelli.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions