A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 20 de Abril de 2018

16/02/2011 19:06

Detalhes do traçado de ferrovia entre MS e PR devem sair até abril

Fabiano Arruda

Empresa Valec ficará responsável pelo projeto

Governador e bancada participaram de encontro com ministro dos Transportes nesta quarta. (Foto: Divulgação)Governador e bancada participaram de encontro com ministro dos Transportes nesta quarta. (Foto: Divulgação)

Após reunião nesta quarta-feira, em Brasília (DF), no Ministério dos Transportes, o governo federal iniciou estudos de viabilidade para a construção da Ferroeste (Ferrovia da Integração Oeste), com primeiro trecho de cerca de 350 quilômetros, ligando os municípios de Dourados (MS) a Cascavel (PR). Os detalhes do traçado da malha que devem ser concluídos até abril.

A ferrovia faz parte do plano de expansão de ferrovias do Programa de Aceleração do Crescimento (PAC2). A Valec– Engenharia, Ferrovias e Construções SA será responsável por produzir o detalhamento do trajeto.

A reunião de hoje foi considerada positiva pelo governador André Puccinelli (PMDB) e por membros da bancada federal de Mato Grosso do Sul, que participaram do encontro.

“É o primeiro passo concreto para a realização dessa obra. O projeto executivo é o de engenharia, que vai anteceder o lançamento da obra”, afirmou André Puccinelli, segundo informações do site de notícias do governo.

“A união das forças políticas e a convergência de objetivos entre Mato Grosso do Sul e Paraná viabilizam política e administrativamente a realização da obra. Sem dúvida nenhuma, uma grande conquista”, comentou.

O Estado pretende que o traçado da estrada de ferro, que vem pelo município de Estrela do Oeste (SP) e inicialmente está previsto para chegar até Panorama (SP), siga para interligação com a Ferronorte, passando por Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Nova Andradina, Dourados e Maracaju.

Em Maracaju, um novo ramal seria construído na direção sul até Mundo Novo, chegando a Guaíra e Cascavel. A intenção é construir ainda um ramal partindo de Maracaju até Porto Murtinho.

“É mais um dos projetos estratégicos de Mato Grosso do Sul que estamos concretizando. Sempre unindo o governo do Estado e a bancada federal”, ressaltou o governador.

O empreendimento é um dos nove projetos estratégicos do governo do Estado para área de infraestrutura.

Reunião – Participaram da reunião com o ministro dos Transportes, Alfredo Nascimento, os governadores André Puccinelli (PMDB) e Beto Richa, do Paraná, o ministro das Comunicações, Paulo Bernardo, além de representantes da bancada federal dos dois Estados, do Dnit (Departamento Nacional de Infraestrutura e Transporte) e da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres).

Duas comissões foram formadas para analisar os pontos técnicos da construção da ferrovia, como um traçado que atenda as demandas de Mato Grosso do Sul e do Paraná. O deputado federal Edson Girotto (PR) e o secretário estadual de Meio Ambiente, Planejamento, Ciência e Tecnologia, Carlos Alberto Menezes, são os representantes de MS nas comissões.

Agenda - Hoje pela manhã, em Brasília, a reunião entre a bancada de Mato Grosso do Sul com o governador serviu para ajustar uma nova agenda de encontro entre os parlamentares e o chefe do executivo Estadual.

Segundo Geraldo Resende, Puccinelli defendeu uma agenda constante de encontro com os deputados e senadores de MS. “Discutimos que vamos tratar como prioridade temas como a compensação do Estado com a Lei Kandir, além de projetos macro que são vitais para o Estado nesta administração”.

Durante a agenda no Distrito Federal, o governador tratou ainda dos recursos que serão destinados aos municípios atingidos pela chuva. Anaurilândia, Nova Andradina, Naviraí e Selvíria serão os primeiros atendidos.

Três Lagoas, Figueirão, Santa Rita do Pardo, Bataguassu e Ponta Porã também serão assistidos.

Municípios atingidos pela chuva em MS devem receber recursos nesta semana
Anaurilândia, Nova Andradina, Naviraí e Selvíria serão os primeiros atendidosAnaurilândia, Nova Andradina, Naviraí e Selvíria devem receber recursos...
Ferrovia entre MS e PR será principal canal de escoamento de grãos
O secretário de Infraestrutura e Logística da Ferroeste, José Richa Filho, disse hoje que a ferrovia que liga o Porto de Paranaguá a cidade de Guaíra...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions