A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

12/09/2016 12:12

Dinheiro próprio, parentes e partidos financiam campanha de R$ 1,4 milhão

Aline dos Santos
Contas são divulgadas por candidatos em sistema do TSE. (Foto: Fernando Antunes)Contas são divulgadas por candidatos em sistema do TSE. (Foto: Fernando Antunes)

Primeira campanha com veto à doação de empresas, a corrida eleitoral à prefeitura de Campo Grande é financiada pelos próprios candidatos, secretários municipais e familiares. A outra fonte de financiamento é o fundo partidário. Ao todo, a arrecadação dos 15 candidatos chega a R$ 1,4 milhão.

Conforme consulta ao sistema de Divulgação de Candidaturas e Contas Eleitorais, disponibilizado pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral), Marcelo Bluma (PV) foi o que mais investiu na própria campanha, com doação de R$ 36 mil. Em segundo lugar aparecer o coronel Carlos Alberto David dos Santos (PSC), com doação de R$ 35 mil.

Candidato à reeleição, Alcides Bernal (PP), doou R$ 22 mil para sua campanha. O mesmo caminho foi seguido por Athayde Nery (PPS), com doação de R$ 8.400; Alex do PT (R$ 5 mil); Adalton Garcia (PRTB), com doação de R$ 1 mil; e Suél Ferranti (PSTU), com doação de R$ 350.

A maior receita foi arrecadada por Rose Modesto (PSDB): R$ 930.663,66. Do total, 43¨% (R$ 405 mil) foram doados pela milionária Janete Souza Morais. O diretório estadual do PSDB repassou R$ 205.375. Além de R$ 607.020 doados por pessoas físicas.

Alcides Bernal relaciona arrecadação de R$ 32.980, sendo R$ 10.980 doados por três ocupantes do primeiro escalão da administração municipal: Luidson Borges Tenório Noleto (secretário de Segurança Pública), Dirceu de Oliveira Peters (diretor da Agência de Habitação) e Odimar Luis Marcon (secretário de governo).

O coronel David registra receita de R$ 82.500 na campanha, com doações de R$ 47.500 de pessoas físicas, sendo R$ 6 mil doados pela esposa Ana Arminda Garcia dos Santos.

Com arrecadação de R$ 11.270, Pedro Pedrossian Filho (PMB) recebe o apoio financeiro da família. Pedro Pedrossian doou R$ 5.020 e Maria Eduarda Pedrossian Faria Gatti fez doação de R$ 1.250. Militante do PSTU, Cleia Aparecida Montezano de Souza doou R$ 500 para a campanha de Suél. O candidato do PSTU arrecadou R$ 950.

Receita – O R$ 1,4 milhão de receita dos candidatos tem a seguinte distribuição: Adalton (R$ 1 mil), Bernal (R$ 32.980), Alex (R$ 5 mil), Athayde (R$ 72.400), coronel David (R$ 82.500), Bluma (R$ 111 mil), Marquinhos Trad (R$ 210 mil), Pedrossian Filho (R$ 11.270), Rose (R$ 930.663,66) e Suél Ferranti (R$ 950). A receita zero foi informada por José Flávio Arce (PCO), Aroldo Figueiró (PTN), Elizeu Amarilha (PSDC), Lauro Davi (Pros) e Rosana Santos (Psol).



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions