A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

02/06/2015 17:20

Dirigente da OAB anuncia pré-candidatura a presidente da Ordem

Lidiane Kober
Lázaro tem 16 anos de profissão e é atual secretário-geral da OAB (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo) Lázaro tem 16 anos de profissão e é atual secretário-geral da OAB (Foto: Marcos Ermínio/Arquivo)

O advogado e atual secretário-geral da OAB-MS (Ordem dos Advogados do Brasil seccional de Mato Grosso do Sul), Lázaro Júnior, 38 anos, é um dos primeiros a se declarar pré-candidato a presidente da entidade. A eleição, prevista para novembro, é tradicional por movimentar a categoria e por disputas acirradas.

Ele levanta a bandeira da “OAB focada na advocacia”, promete “renovação” e destaca ações da Ordem na atual gestão da qual faz parte. “Venho para representar a renovação, contribuir com a independência e priorizar o advogado”, destacou Lázaro.

O pré-candidato aproveitou ainda para ressaltar parte do trabalho realizado como secretário-geral da OAB. No dia 13, por exemplo, será inaugurada a sede campo da entidade. Também lembrou da instalação do piso salarial para a jovem advocacia, de R$ 1,3 mil (20 horas) e R$ 2,6 mil (40 horas).

Outra ação de destaque, segundo Lázaro, é o reaparelhamento de todos as salas da OAB da Capital e do interior; a criação, no próximo mês, da TV OAB, além da construção de subsessões em Coxim e Ponta Porã e ampliação e reforma das sedes em Três Lagoas e Dourados.

O advogado também ressalta a implantação do processo digital em todos os serviços da entidade e a abertura de biblioteca digital.

Sobre alianças, Lázaro contou que está focado em buscar parceiros e até tenta o apoio do atual presidente Júlio César Souza Rodrigues. “Temos gestão compartilhada e logicamente as alianças sempre são bem-vindas, porque o objetivo maior é OAB”, comentou.

Com 16 anos de profissão, Lázaro virou secretário-geral da OAB em eleição complementar, em 2014, após renúncia praticamente geral. No pleito, formou-se um grupo, que promete seguir unido na eleição de novembro.

Marun ainda quer votar relatório da JBS antes de posse no ministério
Na véspera de ser empossado como ministro da Secretaria de Governo, o deputado Carlos Marun (PMDB-MS), relator da Comissão Parlamentar Mista de Inqué...
Senado aprova R$ 1,9 bi a estados para compensar desoneração de exportações
Após suspender a sessão do Congresso Nacional, o presidente do Senado, Eunício Oliveira (PMDB-CE), retomou os trabalhos do plenário da Casa com o obj...
Temer discutirá data de votação da reforma da Previdência nesta quinta
O anúncio do líder do governo no Senado, Romero Jucá (PMDB-RR), de que a votação da proposta de reforma da Previdência ficará para fevereiro causou r...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions