A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 23 de Agosto de 2019

15/07/2019 13:33

Dois anos e meio após filiação, Odilon de Oliveira sai do PDT

Juiz aposentado teria convites para disputar prefeituras do interior

Marta Ferreira
Odilon de Oliveira disputou o governo do Estado pelo PDT. (Foto: Arquivo)Odilon de Oliveira disputou o governo do Estado pelo PDT. (Foto: Arquivo)

Dois anos e meio depois de entrar para a vida partidária, filiando-se ao PDT, o juiz federal aposentado Odilon de Oliveira, não faz mais parte da legenda. Está fora desde 2 de julho, quando comunicou, por meio de uma carta, sua desfiliação.

No documento endereçado ao presidente do PDT no Estado, o deputado federal Dagoberto Nogueira, Odilon diz que a saída é “irreversível”, agradece aos agora ex-colegas de legenda, pontua que foram importantes no resultado da campanha para o governo em 2018, quando teve 47,56% dos votos.

Por mim, o juiz aposentado deseja a legenda continue seu projeto político em defesa das causas sociais.

Odilon comunicou saída do PDT em 2 de julho. (Foto: Reprodução)Odilon comunicou saída do PDT em 2 de julho. (Foto: Reprodução)

E agora - O destino político de Odilon ainda não é conhecido. Convites ele já tem, segundo confirma o filho, o vereador de Campo Grande Odilon de Oliveira Junior, que deixou o comando da legenda na Capital este ano. Sem querer informar quais são as agremiações, Odilon Junior revelou interesses de legendas, inclusive, em ter o magistrado aposentado como candidato a prefeito em 2020. Dourados seria uma dessas.

O vereador, que foi para o PDT junto com o pai, também cogita a mudança de legenda. Mas como está em mandato, qualquer troca só pode ocorrer no ano que vem, durante a janela partidária.
Odilon de Oliveira foi procurado, mas não atendeu as ligações para falar da opção de deixar o Partido.

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions