ACOMPANHE-NOS    
JUNHO, QUARTA  29    CAMPO GRANDE 16º

Política

Doria desiste e abre caminho para Simone representar 3ª via à Presidência

Senadora de Mato Grosso do Sul deve receber apoio do PSDB e Cidadania na disputa contra Lula e Bolsonaro

Por Adriel Mattos | 23/05/2022 11:14
Pronunciamento do tucano foi transmitido nas redes sociais. (Foto: Reprodução/Twitter)
Pronunciamento do tucano foi transmitido nas redes sociais. (Foto: Reprodução/Twitter)

O ex-governador de São Paulo, João Doria (PSDB), anunciou nesta segunda-feira (23) que desistiu de disputar a Presidência da República nas eleições deste ano. A saída da corrida ocorre um dia antes dos tucanos definirem o rumo na disputa pelo mais alto cargo do Brasil, que estudam apoiar a senadora Simone Tebet (MDB-MS).

“Para as eleições deste ano, me retiro da disputa com o coração ferido, mas com a alma leve”, declarou o ex-governador.

Procurada pelo Campo Grande News para comentar a desistência de Doria, Simone não atendeu à reportagem. Porém, em nota, a senadora declarou que o tucano não é inimigo e o elogiou pelo esforço na vacinação contra a covid-19.

“Doria nunca foi adversário, sempre foi aliado. Sua contribuição com a luta pela vacina jamais será esquecida. Vamos conversar e receber suas sugestões para nosso programa de governo, além de trabalhar para unir todo o centro democrático. Gostaria muito de ter o PSDB e o Cidadania junto conosco. Vamos aguardar a decisão das direções partidárias”, pontuou.

Em nota, o presidente do PSDB em Mato Grosso do Sul, o ex-secretário de Estado da Casa Civil, Sérgio de Paula, limitou-se a declarar que os tucanos sul-mato-grossenses respeitarão a decisão do diretório nacional. “Esta é uma decisão do PSDB Nacional e vamos acatá-la”, comentou.

Doria enfrentava resistências dentro do partido, mesmo tendo vencido as prévias realizadas no ano passado. Com as articulações com o MDB, o ex-governador chegou a enviar uma carta ao presidente nacional do PSDB, Bruno Araújo, exigindo respeito ao resultado das prévias.

O bloco formado por MDB, PSDB e Cidadania chegou a encomendar uma pesquisa interna para avaliar qual o melhor nome para representar a terceira via. As três legendas querem consolidar a candidatura da terceira via - em alternativa ao ex-presidente Lula (PT) e o presidente Jair Bolsonaro (PL) em Simone, que tem rejeição menor que Doria, menos que ela pontue menos que o tucano em levantamentos eleitorais.

Nos siga no Google Notícias