A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

03/07/2014 11:38

Dos 29 vereadores, só um deve votar contra reeleição de Mario Cesar

Lidiane Kober e Kleber Clajus

Dos 29 integrantes da Câmara Municipal de Campo Grande, apenas a vereadora Luiza Ribeiro (PPS) afirmou votar contra a reeleição do vereador Mário César (PMDB) na presidência da Casa de Leis. A escolha será ainda nesta quinta-feira (3), após a sessão.

“Vou manter a linha do meu partido, que prega coerência e serei contra a reeleição”, justificou a vereadora. “São mais de 24 anos de sucessivas administrações do PMDB na Câmara Municipal, outros partidos também tem capacidade para presidir”, completou.

Em dúvida, está o vereador Cazuza (PP). Já a bancada do PT que, inicialmente, manifestou a possibilidade de votar contra a reeleição, fechou consenso e dirá sim, após a vereadora Thaís Helena (PT) ganhar a vaga de 2ª vice-presidente.

Pela nova formatação, além da petista, entra no grupo o vereador Waldecy Chocolate (PP) como 3º secretário, vaga ocupada por Paulo Pedra (PDT) que assumirá a 3ª vice-presidência.

Mario Cesar retornará à presidência. Além do peemedebista, serão mantidos como 1º vice-presidente Flávio César (PT do B) e o primeiro e segundo secretário, respectivamente, Delei Pinheiro (PSD) e Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB).

O presidente e seu vice, inclusive, desistiram de concorrer à vaga de deputado estadual, nas eleições de outubro, para permanecerem nos cargos. “O grupo entendeu a importância de manter a configuração”, justificou Flávio César.

Para garantir a continuidade de Mário César no comando da Casa de Leis, os vereadores mudaram o regimento interno e voltaram a permitir a possibilidade de reeleição, suspensa em 2012.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions