A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

27/01/2011 15:10

Dourados irá para as urnas com sentimento de revolta e abandono

Paulo Fernandes

População espera que futuro prefeito reestabeleça normalidade.

Dourados escolherá prefeito e vice em eleição fora de época Dourados escolherá prefeito e vice em eleição fora de época

Ruas esburacadas, falta de remédios nos postos de saúde e de merenda nas escolas, histórico de corrupção na Prefeitura e na Câmara. Este é o retrato de Dourados na opinião da população, que vai às urnas no próximo dia 6.

“O sentimento é de revolta por tudo o que aconteceu e de esperança para que o futuro prefeito coloque a cidade em ordem”, afirma o taxista Rosivaldo Macedo da Silva, de 38 anos.

Para ele, o maior problema de Dourados, que merece uma atenção especial do futuro prefeito, é o asfalto. “Tem muito buraco. Eu vejo isso como taxista e muitas pessoas têm esse mesmo ponto de vista”, afirmou Rosivaldo, que há 10 anos trabalha atrás de um volante.

A expectativa do recepcionista Armando Macena Ramos, de 36 anos, também é de que o futuro prefeito resolva os problemas mais urgentes da cidade.

Para ele, o maior problema é a falta de remédios nos postos de saúde. Já o segundo maior problema é na área de educação. “Não estava tendo merenda no final de ano”, disse.

Armando também reclama do asfalto esburacado. “Ele [o futuro prefeito] terá dois anos para servir a população. A população está pensando positivo sobre a eleição. Queremos ver serviço porque a cidade está bem parada”, afirmou.

Para a empresária Cleide da Silva Vieira Ribeiro, de 44 anos, as duas maiores necessidades são asfalto e saúde.

“A cidade precisa de tapa-buraco. Ela está abandonada. A saúde também está precária. Eu não frequento posto de saúde pública, mas sei que não tem remédio e tem problema de médicos”, afirmou a proprietária de uma loja de roupas.

Cleide também revelou outra preocupação. “Queremos alguém capacitado. Nossa

prefeita está aí pouco tempo e não temos como ficar com a cidade abandonada”, afirmou.

Quatro candidatos disputam a prefeitura da segunda maior cidade de Mato Grosso do Sul: Murilo Zauith (DEM), Geraldo Salles (PSDC), Genival Antônio Valeretto e José Araújo (PSOL).

A eleição extemporânea foi marcada após o prefeito afastado de Dourados, Ari Artuzi (expulso do PDT), e o vice, Carlinhos Cantor (PR), renunciarem aos seus mandatos no final do ano passado.

Eles foram presos pela Polícia Federal com secretários, vereadores e empresários: todos acusados de envolvimento no esquema de fraude em licitação e pagamento de propina a vereadores.

Na TV, Murilo recebe apoio do presidente do PT
Estreou nesta sexta-feira o horário eleitoral gratuito.Estreou nesta sexta-feira o horário eleitoral no rádio e na TV para prefeito de Dourados. Qua...
Candidatos prometem auditorias e transparência
Eleição acontece após maior escândalo político de Dourados.Esqueça aquelas propostas extraordinárias e difíceis de serem cumpridas que são feitas pe...
Murilo prevê gastos de até R$ 1 milhão em eleição para prefeito
Com previsão de gastos de até R$ 1 milhão, a chapa do candidato à prefeitura de Dourados, Murilo Zauith (DEM), será registrada hoje à tarde no cartór...
Tribunal marca julgamento da apelação de Lula para janeiro de 2018
O Tribunal Regional Federal (TRF) da 4ª Região, sediado em Porto Alegre, marcou para 24 de janeiro de 2018 o julgamento da apelação do ex-presidente ...


Enfim, chegou a hora do povo de Dourados se redimir de não ter permitido que Murilo tivesse sido eleito para Prefeito na eleição anterior, povo este que está pagando um preço muito caro pelo erro.
 
Rosaria Lucca Andrade em 01/02/2011 07:55:00
Concordando com o comentário acima, é como diz aquela máxima "cada um com o governante que merece", afinal, o povo elegeu, agora está colhendo os resultados.
 
Carlos Magno em 27/01/2011 08:27:02
O povo nao pode reclamar agora. Quem elege os governantes é o voto do povo. Se escolhe mal este é o resultado. Nao analisam o passado, a conduta do candidato, mas sim tao somente as promessas impossiveis, os votos comprados, etc...
E quem paga a conta é quem trabalha e recolhe os seus impostos....
 
NILSON APARECIDO CARREIRA MÔNICO em 27/01/2011 04:21:43
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions