A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

09/05/2014 13:11

Eduardo Campos discutiu aliança com PMDB em reunião sigilosa na Capital

Leonardo Rocha
Eduardo Campos participou de uma reunião com integrantes do PMDB de MS, na última segunda-feira, em Campo Grande (Foto: Divulgação)Eduardo Campos participou de uma reunião com integrantes do PMDB de MS, na última segunda-feira, em Campo Grande (Foto: Divulgação)

O pré-candidato a presidência da república, o ex-governador de Pernambuco, Eduardo Campos (PSB), veio  a Campo Grande e participou de uma reunião sigilosa com a cúpula do PMDB em Mato Grosso do Sul na segunda-feira (5). De acordo com o vice-presidente estadual do PSB, Sérgio Assis, foi oferecido o cargo de vice-governador na chapa de Nelson Trad Filho (PMDB) e o palanque para Eduardo no Estado.

Assis relatou que Eduardo Campos estava de passagem por esta região, quando foi convidado para a reunião com o PMDB, onde participaram o governador André Puccinelli (PMDB), Nelsinho Trad e o prefeito de Dourados, Murilo Zauith, que é presidente regional do PSB.

“Não participei desta reunião, mas me repassaram que foi oferecido o cargo de vice ao PSB, além de dispor de palanque para Eduardo Campos, em Mato Grosso do Sul”. O local da residência, Assis ponderou que não está autorizado a revelar.

“Ainda não decidimos o que fazer, temos que saber se será bom para o partido a chapa na proporcional, nada foi definido com o PMDB”, ressaltou ele.

O presidente estadual do PMDB, o deputado Junior Mochi, já ressaltou que irá participar de uma reunião com a direção nacional (PMDB) para saber se os estados estão “livres” para escolher o candidato a presidência, ou se terão que acompanhar a aliança nacional.

O Campo Grande News entrou em contato com o Nelsinho e Zauith (PSB), mas eles não atenderam as ligações. 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions