A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 15 de Outubro de 2018

07/10/2018 13:52

Eleitor muda horário de almoço no domingo para encontrar seções vazias

Estratégia é comer antes ou depois do horário de votação para evitar filas e exercer rapidamente o direito ao voto

Humberto Marques e Adriano Fernandes
Eleitor muda horário de almoço no domingo para encontrar seções vazias
Juliano almoçou e encarou uma hora e meia de bicicleta para votar no Colégio Dom Bosco. (Foto: Adriano Fernandes)Juliano almoçou e encarou uma hora e meia de bicicleta para votar no Colégio Dom Bosco. (Foto: Adriano Fernandes)

O dia de eleição no Brasil faz alguns eleitores alterarem a tradição do almoço de domingo, antecipado ou adiantado, para aproveitarem o horário e correrem até as seções eleitorais. Tudo para encontrar os locais de votação vazios e, rapidamente, cumprirem com o seu dever cívico. A estratégia, para alguns, funcionou, mas também exigiu alguns sacrifícios.

O professor de Artes Juliano Ferreira, 38, encarou de bicicleta a distância entre o Jardim Centenário –no sul de Campo Grande– e o Colégio Dom Bosco, no Centro, onde está sua seção eleitoral. Foram certa de uma hora e meia no pedal até chegar às 13h15 no local de votação.

“Esse ano almocei mais cedo e decidi vir nesse horário para ver se a seção estaria mais vazia”, admitiu Juliano que, apesar do percurso, disse fazer questão de votar “na expectativa de uma mudança na política, na educação e na saúde”.

Morador do São Francisco, próximo ao Dom Bosco, o mecânico Francisco de Souza 42, adotou estratégia contrária: deixou a seção eleitoral por volta das 13h20 e faria um percurso de mais meia horá até voltar para casa. “Vim nesse horário para ver se tinha menos gente lá dentro. Apesar disso, tinha muitas pessoas, mas foi rápido para votar”.

A bancária Carla Guerreiro também almoçaria somente depois de exercer o direito ao voto. “Achei que estava vazia, pelo menos a minha sessão. Todos os anos voto nesse horário porque (a seção) costuma estar vazia”.

Em busca de fugir de tumultos, o advogado Wildes Sabala, 52, conta que, até as 11h30 do dia de votação, sua família está almoçando “para chegar e votar mais rápido, porque é tendência do brasileiro deixar tudo para a última hora. Melhor vir nesse horário do que do meio dia para a tarde”.

As seções eleitorais seguem abertas até as 17h, horário em que tem início a transmissão de dados e apuração da eleição. Estão em jogo mandatos de deputado federal, deputado estadual, senadores (dois), governador e presidente da República.

Eleitor muda horário de almoço no domingo para encontrar seções vazias


Muitas filas, desorganização e informações incorretas, na seção onde voto nunca enfrentei fila, além disso uma desorganização terrível!
 
Leo em 07/10/2018 14:49:06
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions