ACOMPANHE-NOS     Campo Grande News no Facebook Campo Grande News no Twitter Campo Grande News no Instagram
FEVEREIRO, DOMINGO  25    CAMPO GRANDE 31º

Política

Em "boom" da celulose, setor pede mais qualificação profissional em MS

Presidente da Indústria Brasileira de Árvores, Paulo Hartung, discutiu assunto com representantes do governo

Por Danielly Escher | 06/12/2023 15:35
Encontro com secretário Jaime Verruck, senadora Tereza Cristina, Paulo Hartung e o governador Eduardo Riedel (Foto: Álvaro Rezende)
Encontro com secretário Jaime Verruck, senadora Tereza Cristina, Paulo Hartung e o governador Eduardo Riedel (Foto: Álvaro Rezende)

Em agenda interna nesta quarta-feira (6), o governador Eduardo Riedel (PSDB) recebeu o presidente da IBÁ (Indústria Brasileira de Árvores), Paulo Hartung. Falaram sobre um preocupação antiga em Mato Grosso do Sul, a qualificação profissional, já que o Estado passa por um avançado processo de industrialização.

“Mato Grosso do Sul é uma referência mundial no setor. Tratamos de temas de extrema importância para competitividade econômica do Estado”, afirmou o governador durante o encontro onde também estavam a senadora Tereza Cristina (PP) e Jaime Verruck, secretário de Meio Ambiente, Desenvolvimento, Ciência, Tecnologia e Inovação.

Ex-governador do Espírito Santo, Paulo Hartung destacou que a IBÁ é a associação responsável pela representação institucional da cadeia produtiva das árvores plantadas para fins industriais.

Paulo Hartung, Tereza Cristina, Eduardo Riedel e Jaime Verruck (Foto: Divulgação)
Paulo Hartung, Tereza Cristina, Eduardo Riedel e Jaime Verruck (Foto: Divulgação)

“Este setor tem a carteira de investimentos mais dinâmica do Brasil, ele cresce muitos nos últimos 50 anos no País, tendo MS como destaque. Conversamos sobre a necessidade da formação profissional, pois cada investimento demanda gente qualificada na área de plantio de árvores no campo, transporte e processamento de madeira que depois vira celulose, em um setor de bioeconomia de alta escala”, destacou.

Cenário - Com a construção da fábrica da Suzano em Ribas do Rio Pardo e da Arauco em Inocência, Mato Grosso do Sul representa o “boom” do setor no Brasil e no mundo. Um mercado que teve a fabricação de mais de 24 milhões de toneladas de celulose no país no ano passado, sendo enviadas 19 milhões para o mercado internacional, incluindo Ásia, Europa, Estados Unidos e América do Sul.

“A fábrica que está sendo construída em Ribas tem o que há de melhor no mundo. É uma fábrica circular, a movimentação de fornos de cal da futura unidade já vem da gaseificação da biomassa, energia limpa, que é o futuro do planeta”, disse Hartung.

Convite - O presidente da IBÁ convidou o governador Eduardo Riedel para participar da Missão Setorial à União Europeia, em março de 2024. O objetivo do encontro é apresentar o setor para os países europeus. Mato Grosso do Sul conta com área plantada de mais de 1 milhão de hectares e uma carteira de investimentos privados superior a R$ 40 bilhões.

Receba as principais notícias do Estado pelo Whats. Clique aqui para acessar o canal do Campo Grande News.

Nos siga no Google Notícias