ACOMPANHE-NOS    
JANEIRO, SEXTA  28    CAMPO GRANDE 29º

Política

Em cerimônia com autoridades, Reinaldo recebe honraria do Poder Judiciário de MS

O governador recebeu o título “Grã-Cruz” por serviços prestados no Estado

Por Flávio Veras | 04/12/2021 11:57
O governador foi condecorado pelo presidente do TJ-MS, Carlos Eduardo Contar. (Foto; Chico Ribeiro)
O governador foi condecorado pelo presidente do TJ-MS, Carlos Eduardo Contar. (Foto; Chico Ribeiro)

O governador Reinaldo Azambuja (PSDB) foi homenageado na noite desta nesta sexta-feira (03), com a honraria no grau de “Grã-Cruz”, em cerimônia realizada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS). O evento ocorreu no Centro de Eventos do Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande.

O governador Reinaldo Azambuja foi homenageado na noite desta nesta sexta-feira (03), com a honraria no grau de “Grã-Cruz”, em cerimônia realizada pelo Tribunal de Justiça de Mato Grosso do Sul (TJ-MS), que ocorreu no Centro de Eventos do Shopping Bosque dos Ipês, em Campo Grande.

O presidente do TJ-MS, Carlos Eduardo Contar, destacou que a cerimônia visa alcançar aqueles que efetivamente fizeram por merecer tal honraria. "Foram destacados por suas práticas civis, públicas e militares que se destacaram no desempenho dos seus exercícios. Trata-se de uma forma de homenagear estas personalidades ilustres", descreveu.

Esta honraria da Ordem do Mérito Judiciário de MS é concedida a personalidades e entidades que tenham contribuído de forma relevante para sociedade sul-mato-grossense e por isso é “digna” de reconhecimento pelo Poder Judiciário. O nome do governador foi indicado pelo presidente do TJ-MS, o desembargador Carlos Contar.

O Tribunal de Justiça oficializou neste ano a mudança na concessão de honrarias, criando a “Ordem do Mérito Judiciário”, tendo a disposição as homenagens de insígnias de Grã-Cruz, Grande Oficial, Comendador, Oficial e Cavaleiro. Ao todo 59 personalidades foram contempladas neste ano.

(Fotos: Chico Ribeiro)
(Fotos: Chico Ribeiro)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário