A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

08/06/2010 11:58

Em entrega de casas, André agradece parceria de Lula

Redação

O tom de agradecimento à parceria com o presidente Luís Inácio Lula da Silva (PT) marcou a fala do governador de Mato Grosso do Sul, André Puccinelli (PMDB), durante solenidade em que entregou as chaves de 107 casas, nesta manhã, no Jardim Noroeste, em Campo Grande. O projeto tem investimento federal, estadual e municipal, por meio do Programa de Subsídio à Habitação de Interesse Social.

Puccinelli ressaltou que a construção das casas só foi possível graças ao envolvimento das três esferas de governo e salientou, em relação ao governo Lula, a "não discriminação" partidária no repasse de recursos para projetos de interesse da população como um fator positivo da administração federal.

Ele exemplificou com o conjunto habitacional entregue hoje, para o qual o investimento foi de R$ 1,6 milhão. "O Lula financiou R$ 700 mil, o Estado deu quase R$ 700 mil, e o Município deu R$ 240 mil mais o terreno", elencou. "Se fosse separadamente seria impossível concretizar esse residencial", completou.

Lula foi citado três vezes no discurso de André, a quem o governador chamou de "Tio Lula". Puccinelli avaliou, também, que os investimentos do governo federal em Campo Grande vão continuar independentemente dos resultados das eleições. Ele lembrou que a cidade tem ainda um déficit habitacional alto a combater, tanto que há 70 mil famílias inscritas para receber casas.

Projetos habitacionais- Com as casas entregues hoje no Jardim Noroeste, o governo do Estado totaliza 7.574 casas nesta gestão só em Campo Grande.

"Casa quando está construindo gera emprego e quando entregue dá um teto digno para as famílias. Já alcançamos a construção de 43 mil unidades habitacionais entre entregues, em execução e com contratos assinados", informou o governador André Puccinelli.

Ele comentou a transformação do Jardim Noroeste que por muito tempo foi uma região de invasões. "Depois da invasão conseguimos regularizar a situação de muitas famílias. Percebemos ao longo dos anos uma mudança grande neste bairro e o progresso chega com segurança para as famílias", disse.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions