ACOMPANHE-NOS    
NOVEMBRO, SEXTA  27    CAMPO GRANDE 28º

Política

Em período eleitoral, denúncia leva à apreensão de brinquedos em Rio Verde

Fotos encaminhadas ao Campo Grande News mostram que a confusão começou durante o dia e adentrou à noite

Por Aline dos Santos | 09/10/2020 10:45
Caminhonete deixou prédio público com carroceria cheia de mercadorias apreendidas. (Foto: Reprodução)
Caminhonete deixou prédio público com carroceria cheia de mercadorias apreendidas. (Foto: Reprodução)

Em meio a um clima eleitoral mais tórrido do que os 45ºC previstos para hoje em Rio Verde de Mato Grosso, brinquedos doados pela Receita Federal em 2019 à prefeitura foram apreendidos na noite de ontem (dia 8) no centro de eventos, que fica a três quilômetros da área urbana e funciona como depósito.

Vídeo encaminhado ao Campo Grande News mostra viaturas deixando local, sendo uma caminhonete com a carroceria repleta de produtos, mas cobertos por lona. A reportagem apurou que um vereador foi alertado, por volta das 15h, de que material estaria sendo preparado para ser distribuídos para as crianças durante período eleitoral.

Logo, muitas pessoas rumaram para o local, onde estava a namorada do prefeito em companhia do motorista. As fotografias encaminhadas ao Campo Grande News mostram que a confusão começou durante o dia e se estendeu até a noite.

A Polícia Civil de Rio Verde informa que recebeu denúncia de que funcionários da prefeitura estavam fazendo carregamento de brinquedos que seriam doados a alunos das creches em comemoração ao Dia da Criança, na próxima segunda-feira.



“Os funcionários presentes no local confirmaram que os kits seriam entregues às creches para futuro uso das crianças e alegaram desconhecimento da proibição de entrega gratuita de bens, do artigo 73, §10, Lei nº 9504/97”, diz a nota da Polícia Civil.

Em ano eleitoral, é proibida a distribuição gratuita de bens, valores ou benefícios por parte da administração pública.

Política e crianças - O prefeito de Rio Verde, Mário Kruger (PSD), disse hoje que a namorada foi ao local para verificar se havia brinquedos suficientes para montar kits e distribuir para as crianças, mas que a entrega só ocorreria se a prefeitura obtivesse autorização da Justiça.

O município está com aulas suspensas por conta da pandemia do novo coronavírus, mas alimentos são distribuídos em frente aos locais e o mesmo método seria adotado para entrega de brinquedos.

“Se fosse coisa errada, faria na calada da noite e não durante o dia. Não faço política com as crianças. Infelizmente, a política é feita de denúncias. Mas graças a Deus estou encerrando meu mandato e vou sair pela porta da frente”, afirma Kruger. A prefeitura vai pedir a devolução dos brinquedos.

Em 19 de setembro, o prefeito de Rio Verde foi preso após uma confusão. Kruger chegou armado a local onde moradores estavam instalando outdoor em apoio ao presidente Jair Bolsonaro, à margem de rodovia. Porém, os manifestantes conseguiram tomar o revólver que estava com prefeito.

Ele foi preso em flagrante por porte ilegal de arma de fogo com uso permitido e liberado após pagar R$ 15 mil de fiança.

Dezenas de bolsas pelo chão e material acondicionado em sacos no centro de eventos usado como depósito pela prefeitura. (Foto: Direto das Ruas)
Dezenas de bolsas pelo chão e material acondicionado em sacos no centro de eventos usado como depósito pela prefeitura. (Foto: Direto das Ruas)


Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário