A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

13/11/2012 16:22

Em reunião com Bernal, Nelsinho diz que não fará eliminação de documentos

Fabiano Arruda e Paula Vitorino
Prefeito Nelsinho Trad fala sobre eliminação de documentos na administração municipal, após reunião com Bernal nesta terça. (Foto: Minamar Junior)Prefeito Nelsinho Trad fala sobre eliminação de documentos na administração municipal, após reunião com Bernal nesta terça. (Foto: Minamar Junior)

O prefeito de Campo Grande, Nelson Trad Filho (PMDB), garantiu, nesta terça-feira, após reunião com Alcides Bernal (PP), que não fará a eliminação de documentos da administração municipal.

Ele se refere a decreto publicado recentemente que disciplinava a eliminação de papéis que tenham mais de cinco anos de origem, como é feito anualmente. O assunto foi questionado ontem (12) por Bernal durante o anúncio de sua equipe de transição. Ele demonstrou estranhar o decreto.

Ao explicar que o procedimento é comum em final de ano e atende legislação federal, Trad garantiu que não vai “queimar” nenhum documento, dando sinais que o decreto será anulado.

Segundo o prefeito, a decisão serve para desmontar qualquer especulação de que sua administração quer eliminar documentos prestes de entregar a Prefeitura a Bernal.

Além disso, garantiu que vai colocar qualquer documento à disposição do prefeito eleito, caso queira ter acesso.

A secretária municipal de Administração, Aurenice Pilatti, também deu explicações acerca do procedimento. Ela informou que a medida é exigência de nível federal e a administração municipal tem que publicar, todos os anos, a temporalidade dos documentos.

“Cada documento tem prazo de validade; os que esgotou (prazo) tem que ser incinerado”, disse, acrescentando que se o ato não for adotado não há espaço físico para armazenar tantos papéis.

Publicidade – Após a reunião nesta terça, Trad também comentou sobre os contratos que vão tratar da publicidade da Prefeitura de Campo Grande a partir do próximo ano.

Revelou que o assunto foi tratado com Bernal e que vai resolver a situação em conjunto com o prefeito eleito. “O que eu puder fazer para ajudar, vou fazer”, destacou, lembrando que TAC (Termo de Ajustamento de Conduta) do Ministério Público regula o tema na Prefeitura e que as determinações serão seguidas até o fim de seu mandato.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions