A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

23/12/2011 13:59

Estudo coloca Waldemir Moka como terceiro melhor senador do País

Fabiano Arruda

Pesquisa emitiu nota que levou em conta a atuação parlamentar em relação a oito temas considerados vitais em tramitação no Congresso

Conforme o levantamento, a posição no ranking expressa o grau de ativismo legislativo dos parlamentares. (Foto: Divulgação)Conforme o levantamento, a posição no ranking expressa o grau de ativismo legislativo dos parlamentares. (Foto: Divulgação)

Waldemir Moka (PMDB) foi eleito o terceiro melhor senador do País por conta de sua atuação em 2011, primeiro ano no Congresso Nacional.

Ele só fica atrás dos senadores Francisco Dornelles (PP/RJ) e Ana Amélia (PP/RS) em ranking elaborado pela revista Veja em conjunto com o Necon (Núcleo de Estudos sobre o Congresso) do Iesp-Uerj (Instituto de Estudos Sociais e Políticos da Universidade do Estado do Rio de Janeiro). O senador Delcídio do Amaral (PT-MS) ficou na 12ª posição segundo o levantamento de Veja.

Moka recebeu nota 6.3, enquanto Amélia teve 7,2 e Dornelles 7,3 numa escala que vai de 0 a dez. Conforme a publicação, a posição no ranking expressa o grau de ativismo legislativo dos parlamentares.

O critério para a emissão das notas, segundo a Veja, levou em conta como os parlamentares se posicionaram com palavras e votos em relação a questões consideradas vitais em tramitação no Senado e na Câmara Federal, já que outro ranking também avaliou o desempenho dos deputados federais.

Para a elaboração da pesquisa, a análise tomou como premissa excluir parlamentares envolvidos em escândalos ou de reputação duvidosa.

E para a emissão da nota, o estudo levou em conta oito temas que em 2011 foram afetados por 54 projetos de lei e medidas provisórias mais relevantes.

A importância foi atribuída ao conteúdo e se as matérias precisaram ser votadas ou objeto de pedido de urgência aprovado até setembro de 2011.

Cada uma das 54 proposições foi, então, classificada como “favorável” ou “desfavorável”, de acordo com seu impacto positivo ou negativo sobre os oito grandes eixos definidos previamente, explica a revista.

Os assuntos selecionados foram carga tributária menor e sistema tributário mais simples; infraestrutura; qualidade de gestão pública; combate à corrupção; qualidade da educação; marcos regulatórios estáveis aplicados com transparência por agências independentes; diminuição da burocracia e equilíbrio entre os três poderes.

Com os pontos definidos, o levantamento analisou o posicionamento dos parlamentares em relação a cada tema e quais foram suas proposições.

Segundo a Veja, para aferir a atuação dos parlamentares, a Necon escolheu o número de pareceres em relatoria, apresentação de emendas, posicionamento em votação nominal e pronunciamento em plenário e comissões, atribuindo seu impacto em relação aos oito eixos.

A cada critério foram atribuídos diferentes pesos. Conforme a publicação, “pareceres receberam peso 4, pois são a base da tomada de decisão; as emendas, peso 3, porque por meio delas o parlamentar pode influenciar partes específicas do projeto. O voto em plenário tem peso 2, pois naquela fase o deputado ou senador, por fidelidade partidária, já não tem força individual para influenciar a matéria. Finalmente, os pronunciamentos têm peso 1, pela ineficiência da retórica nos atuais processos legislativos no Brasil”.

As proposições que exemplificam a montagem do ranking, segundo a Veja, foram o “parlamentar cuja atuação favoreceu a aprovação da lei que determinou a fixação do salário mínimo (SM) por decreto presidencial”, os que ajudaram a “derrotar a Emenda 29, cujo texto recriaria a CPMF, o “imposto do cheque”.

Também ganhou pontos, ainda conforme a publicação, o parlamentar “que, mesmo derrotado, atuou contrariamente à aprovação do projeto do TAV, o “trem-bala” que deverá ligar Campinas ao Rio de Janeiro. O estudo considerou que o projeto do TAV “é um investimento caro que vai inibir gastos mais efetivos em infraestrutura que são urgentes: em metrôs e aeroportos”.

Por fim, ganhou pontos o parlamentar “cuja atividade contribuiu para a aprovação do cadastro positivo, medida que disciplina a formação e a consulta a bancos de dados com informações financeiras de pessoas e empresas, diminuindo o custo dos empréstimos para os bons pagadores”.



Prezado senador Waldemir Moka, que pena que em nossa país, políticos honestos e que trabalha a favor do povo está em extinção. Ainda bem que sul-matogrossense e temos um senador desse quilate...Homem de conduta ilibada e honrosa...Parabéns...continue assim até o final do mandado e que muito nos orgulha...
 
Erso Pereira em 05/03/2012 08:40:26
parabens Senador MOKA,esta honrando os votos q recebeu,incluindo o meu, Parabens.....
 
luiz carlos da silva em 25/12/2011 03:20:42
Obvio que Moka é um bom senador, aliás o MS está bem representado no Congresso Nacional. Mas critérios de avaliação existem vários, assim, podemos considerar a atuação direta de senador em relação aos municípios do estado, facilmente constataremos Delcídio como mais atuante, contudo, sabemos que o papel do senador é em função do estado.
 
Marcelo Ramon em 24/12/2011 10:10:24
Dizem que o Senador Moka é muito trabalhador e essa pesquisa parece levar em conta isso. Não seria o Moka candidato ideal para a Prefeitura da nossa Capital? Parabéns ao Moka, a seus eleitores e a populaççao de MS.
 
Jean Oliveira Ziegler em 24/12/2011 09:30:53
O Senador Moka, está dando resposta aos cidadãos que o levaram até o senado.
Cada político deste país tem a oportunidade de mostrar aos seus eleitores a que foi proposto.
O político nada mais é que um procurador do povo.
Parabéns Moka. Acreditamos no procurador certo.
 
josé luiz kreutz em 24/12/2011 08:18:21
Já assisti através da Tv Senado, discursos com muita propriedade em defesa da agricultura nacional e, de outros temas muito pertinente ao país, por parte do Senador Moka. Parabéns Senador!
 
Vicente de Paulo em 24/12/2011 06:25:59
Parabens Moka sinto muito orgulho do meu senador.
 
Beatriz Korndorfer Maymone em 23/12/2011 11:42:41
ja havia votado no moka duas vezes para dep. federal e votei agora para senador nao tenho de q me arrepender
 
lauro giovane marques acosta em 23/12/2011 08:11:37
Bom, eu não errei no meu voto! Parabens Moka !
 
Lucas Maidano em 23/12/2011 06:20:03
O Senador Moka tem honrado os votos q recebeu, eu fui um q votou nele. Tem q ser o sucessor do Prefeito Nelsinho.
 
Marcus Aurelio em 23/12/2011 03:45:14
Esse sim deveria ser candidato do PMDB a Prefeito Em Campo Grande, e Não Paulo Siufi. Homem honrado e politico brilhante Moka.
 
Juarez goncalves em 23/12/2011 02:16:59
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions