A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

12/08/2013 14:14

Ex-presidente de conselho abusa de ironia e tem "amnésia" na CPI

Lidiane Kober e Jéssica Benitez
CPI da Saúde ouvi ex-diretores de hospital (Foto: Jéssica Benitez)CPI da Saúde ouvi ex-diretores de hospital (Foto: Jéssica Benitez)

Presidente do Conselho Curador do HC (Hospital do Câncer) de 2003 a 2011, Luis Felipe Mendes abusou de ironias e teve crise de "amnésia" em depoimento, nesta segunda-feira (12), à CPI da Saúde, instalada na Câmara Municipal para apurar desvio de dinheiro público no HC e no HU (Hospital Universitário).

Ele não lembra nem mesmo quanto recebia do Hospital do Câncer e nem se, enquanto presidente, autorizou empréstimo de R$ 500 mil para aquisição de aparelho de braquiterapia. “Não sei quanto que eu ganho, minha mulher é quem sabe, se vejo que tenho dinheiro na conta, vou gastando”, disse, em tom irônico aos vereadores.

Atualmente, Luis Felipe atua como médico no HC. “Hoje recebo R$ 7 mil bruto e R$ 5 mil líquido, só do Hospital do Câncer. Até o ano passado, não tinha salário fixo, ganhava por produção e não me lembro, em média, quanto recebia”, acrescentou.

Na época de presidente do conselho, ele também dava aulas na UFMS (Universidade Federal e Mato Grosso do Sul) e ainda é sócio de Adalberto Siufi no comando da Neorad, empresa suspeita de irregulares na prestação de serviços para o HC.

Amnésia - Indagado sobre como foi adquirido, em 2008, aparelho de braquiterapia no valor de R$ 500 mil, ele não confirmou empréstimo, como apontou Carlos Coimbra, atual presidente do HC. “Não me lembro do empréstimo”, disse.

Na época, por não dispor de sala especializada, o aparelho ficou encostado no hospital, motivando Adalberto Siufi a reivindicar ao seu sócio a cedência do equipamento. Luis Felipe garantiu que, enquanto presidente, não autorizou o empréstimo.

Coimbra, por sua vez, frisou que precisou acionar o MPE (Ministério Público Estadual) para impedir a manobra. Diante das divergências, a CPI deve reconvocar os dois para realizar acareação. Em 2012, a sala foi viabilizada graças a emenda parlamentar de autoria do senador Delcídio do Amaral (PT) e o aparelho passou a ser utilizado.

Presidência – Luis Felipe disse ainda à CPI que só aceitou presidir o conselho porque “ninguém queria ser presidente”. Ele ainda afirmou que nunca suspeitou de irregularidades na administração do hospital, porque “dentro do conselho só têm pessoas idôneas, como desembargador, coronel, empresário e advogado”.

Apesar de ser o principal responsável pelo conselho, ele reconheceu que não se envolvia em decisões contábeis. “Tinha um contador de confiança, não entendo nada de finanças e o que não tenho conhecimento, não sou rigoroso”, declarou para surpresa dos vereadores.

Pouca verba – Luis Felipe ainda aproveitou para reclamar de falta de verba na saúde. “Uma diária na CTI custa R$ 1,5 mil por dia e o SUS repassa R$ 367. Isso quebra qualquer sistema de saúde”, relatou. “A dívida de R$ 150 milhões da Santa Casa é impagável e é culpa do SUS”, emendou. “O reajuste na tabela do SUS foi de 7%, de 2009 para cá. No mesmo tempo, o salário mínimo foi reajustado 50%”, concluiu.

Insatisfatória – Diante das contradições e esquecimentos do ex-presidente do Conselho Curador do HC, vereadores classificaram a oitiva como “insatisfatória”. “Não tivemos respostas satisfatórias, um fala uma coisa e outro, outra”, comentou o vereador Marcos Alex (PT).

“Não fiquei satisfeito, ambos tiveram oportunidade de trazer informações, mas não o fizeram, por isso, a oitiva ficou prejudicada, porque as respostas foram vazias e o ideal é uma acareação”, reforçou, com o apoio do vereador Cazuza (PP).

Também em tom de ironia, Luis Felipe repetia não conhecer os integrantes da CPI da Saúde. Segundo ele, somente a vereadora Carla Stephanini (PMDB) lhe era familiar.

Ex-secretários municipais e estaduais de saúde vão depor ainda este mês na CPI
Já estão confirmados os depoimentos dos ex-secretários estaduais e municipais de saúde, Beatriz Dolbashi, Leandro Mazina, Ivandro Fonseca e Luiz Henr...
CPI da Saúde convoca ex-presidentes do Conselho Curador do Hospital do Câncer
Entrando na reta final de apuração, a CPI da Saúde da Câmara Municipal de Campo Grande vai ouvir na próxima segunda-feira os ex-presidentes do Consel...


Esta CPI não vai dar em nada, pois os próprios vereadores estão com liminar para se manter no cargo kkk, quem vai acreditar neles e muito difícil, todos chegam La e fazem ironia com os nobres vereadores QUE ACREDITA LEVANTA AS MÃOS...
 
Silas Antonio em 13/08/2013 07:56:15
Este é o atual "diagnóstico" ético-moral de nosso País: Sem lei; políticos sem dignidade; gestores da saúde pública, e outras instâncias públicas corruptos; bandidos de toda estirpe protegidos pelos "direitos humanos"; impunidade; institucionalização do roubo, da violência, da corrupção generalizada; da anarquia pública... e, um país em total abandono de valores verdadeiramente humanos. Esta notícia: Ex-presidente de Conselho abusa de ironia e tem "amnésia" na CPI É PROVA CABAL DO DESMANDO MORAL, EM QUE TODAS AS INSTITUIÇÕES DE NOSSO PAÍS SE ENCONTRAM CONTAMINADAS!
 
João Batista Paiva em 13/08/2013 07:44:19
Terrível e odioso ver este profissional da saúde agir com essa cara de pau e só age assim porque tem certeza da impunidade que é vergonhosa neste País...
 
Marcelo Mendes em 12/08/2013 20:53:56
É isso mesmo Alex Moraes, não vai dar em nada, eles fazem oque querem e fica por isso mesmo, movimento só para o povo ver e esquecer.
 
Ronaldo Aranda em 12/08/2013 17:58:06
Quanta soberba nesse indivíduo, desde quando profissão, cargo ou posição social são garantias de idoneidade?
 
Kaio Gleizer em 12/08/2013 16:39:09
Ah! Se este senhor Luiz Felipe estivesse na China, Japão ou Arábia Saudita e agisse assim, como certeza já teria se suicidado.
 
Luis Acordado em 12/08/2013 15:30:54
Mas é uma palhaçada, se esta CPI tivesse alguem com um minimo de dignidade dava voz de prisão para o engraçadinho na hora, por desacato a autoridade, ou pode ficar tirando sarro da cara dos ilustrissimos durante a sessão?
 
MAXIMILIANO RODRIGO ANTONIO NAHAS em 12/08/2013 15:05:43
Ele está muito confiante que não vai dar em nada! É a grande chance da Justiça do Estado mostrar sua seriedade!
 
Alex Moraes em 12/08/2013 14:30:16
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions