A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 20 de Janeiro de 2018

20/08/2013 20:38

Executiva e vereadores do PMDB se “fecham” e partido segue firme na oposição

Vinícius Squinelo

Os cinco vereadores e a executiva municipal do PMDB selaram de vez a posição da sigla em Campo Grande, e confirmaram que o partido segue na oposição ao prefeito Alcides Bernal (PP). Os dirigentes do partido ainda afirmaram que não vão se furtar de iniciar um processo de cassação contra o prefeito, caso apareçam provas que apontem para improbidades administrativas.

“Não resta dúvida nenhuma de que somos oposição, e tal fato foi reforçado após a reunião entre a executiva municipal e a bancada de Campo Grande”, afirmou a vereadora e presidente do PMDB em Campo Grande Carla Stephanini, após o encontro, ocorrido na noite desta segunda-feira (20).

Carla ainda garantiu que o partido está unido e vigilante, aguardando o relatório da CPI (Comissão Parlamentar de Inquérito) do Calote, que pode apontar atos de improbidade administrativa da atual administração.

Outro parlamentar pelo PMDB, Paulo Suifi, ainda garantiu que a posição do partido não é de retaliação ao processo eleitoral de 2012. “Se houver fatos apontando a cassação, vamos votar a favor, não como partido, e sim cumprindo nossa função legislativa”, defendeu.

Presidente da CPI do Calote, Siufi ainda relatou que o relatório da Comissão deve “indicar algumas situações da administração”.

Sobre a possibilidade do vereador Edil Albuquerque, também do PMDB, integrar a base aliada do prefeito, os parlamentares se limitaram a garantir que o partido “está unido como oposição”.



Parabéns nobres vereadores, sou PMDB até o fim, orgulho de ter votado em uma sigla que mudou a cara de Campo Grande e MS, infelizmente os eleitores daqui são ingratos, mal educados, traidores e possuem memória curta. Estamos com vocês, parabéns
 
Antonio Harper em 21/08/2013 08:09:38
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions