A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

08/10/2012 20:17

Fábio Trad crê que só Giroto continue crescimento de Campo Grande

Nyelder Rodrigues
Fábio Trad ainda disse acreditar que, a exemplo de outras épocas, Bernal vá interromper ciclo de trabalho e atrapalhar desenvolvimento (Foto: Arquivo)Fábio Trad ainda disse acreditar que, a exemplo de outras épocas, Bernal vá interromper ciclo de trabalho e atrapalhar desenvolvimento (Foto: Arquivo)

O deputado federal sul-mato-grossense Fábio Trad (PMDB) declarou mais uma vez apoio ao candidato prefeito Edson Giroto, que também é companheiro de partido e de bancada federal de Fábio.

Para o parlamentar, Giroto é o único que pode dar continuidade ao desenvolvimento de Campo Grande, e seria um retrocesso interromper o crescimento que vem transformando a cidade em uma das mais belas do Brasil.

“Não lhe faltam argumentos para despertar no eleitorado a certeza de que sua gestão poderá ser mais virtuosa que a do André e a do Nelsinho, pois ela é fruto de um processo coerente de evolução”, afirmou Fábio Trad sobre Edson Giroto.

Além disso, Trad afirma que para vencer a eleição, o candidato precisa comprovar que é o mais preparado tanto no plano politico como administrativamente, garantindo mais qualidade e eficiência nos serviços a serem usufruídos pela população. 

Para argumentar a opção por Giroto, Fábio Trad se lembrou das disputas políticas entre Wilson Barbosa Martins e Pedro Pedrossian. Segundo o deputado, ambos interrompiam o ciclo de trabalho de um e de outro, atrapalhando o crescimento do Estado. Ele crê que com Bernal, haverá o mesmo problema.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


Que barbaridade! Como falam besteira. Brevemente nem pedestre anda pelas ruas de Campo Grande - esburacada e remendada até onde não dá mais) e ainda é "uma das mais belas do país"!!! Vão procurar o que fazer, mercenários!
 
wilmar cristovão em 09/10/2012 08:42:32
engracado TIRIRICA nao seria um bom deputado,pois ja provou contrario.
 
fabio de melo em 09/10/2012 06:49:25
Fabio Trad, voce esta totalmente enganado, isto vai pesar nas suas proximas eleições, tanto para voce como Nelsinho, Marquinhos, Otavinho o povo esta de olho em quem critica muito e faz pouco para Campo Grande, quer dizer que se não tiver a familia Trad, André e Giroto Campo Grande vai acabar. este Bernal é um Fenomeno de votos voces vão ver no 2º turno.
 
Lenine Ferreira em 09/10/2012 00:48:03
Deus não escolhe os capacitados e sim capacita os escolhidos, Nelsinho Trad nunca foi prefeito e Andre Puccineli tambem nunca foi governador, todos tiveram uma primeira vez, portanto a saúde publica em Campo Grande é uma calamidade publica, eles são medicos por que não melhoram, só tem predios construidos e nem medicos são encontrados nos postos de saude, para achar um pediatra tem que rodar muitas das vezes toda a cidade e alem disso esperar 4, 5, 6hs para ser atendido. Eu votei no primeiro em Reinaldo Azambuja, e agora meu voto de minha familia e amigos com certeza vai ser do Alcides Bernal, pelo que já estou vendo os votos de Vander e Azamburja 70% vai para o Bernal neste 2º turno, Isto independente de apoio ou não a Alcides Bernal.
 
Lenine Ferreira em 09/10/2012 00:39:02
Chega de TRADs, de puccinellis e de corrupcao CHEGA
 
Antonio oliveirsa em 08/10/2012 21:50:38
É preocupante esse argumento de manter "uma das cidades mais belas do Brasil" que é também reforçada pelo Puccinelli. O recado das urnas é claro: mudança. Esse senso estético das elites do MS afronta os trabalhadores que querem antes de tudo uma cidade decente, com transporte publico de qualidade e acessível, sem especulação imobiliária que encarece o custo de moradia, cinturão verde para produzir alimentos baratos e saúde para ter forças para trabalhar, tudo que esses governos do PMDB não fizeram nesses 16 anos. Um partido que entra contra remuneração do professor não tem moral para falar de educação !!! E os médicos Nelsinho e André eram preparados para gerir uma cidade ??? Podem abrir uma clinica de cirurgia plástica para continuar seus grandes trabalhos de embelezamento.
 
Gabriel Souza em 08/10/2012 21:39:13
Por isso admiro o Sr. Fábio Trad, um homem coerente no seu falar e agir. Como advogado dispensa comentários e como político me surpreende a cada dia com sua dedicação ao prestar serviço de qualidade aos cidadãos. Aliás, Edson Giroto também como Dep. Federal tem mostrado que política não deve ser tratada apenas no âmbito do discurso, mas nas ações. Diferente do seu opositor Alcides Bernal que até agora só falou e como político não passou de mobília por onde passou, portanto deveria voltar pro seu programa de rádio, já que a única coisa que tem a oferecer é a oratória. O pior é que o povo ainda acha que está na vantagem votando num cara desses só pra dizer que houve mudanças!!! Ninguém entrega as chaves da sua casa a um estranho. Repensem, ainda há tempo.
 
Marcilene Dutra em 08/10/2012 21:32:41
O Fábio tão inteligente e falar uma bobeira dessa, será que os outros são deficientes? Qualquer um que conheça de Administração é capaz de fazer melhor por Campo Grande. Administrar é diferente de operacionalizar. Que eu saiba nenhum dos dois candidatos nunca foram prefeitos, portanto ninguem sabe mais ou pode se julgar. O povo é quem decide e vai decidir de hoje em diante as eleições. Vamos em frente com a mudança.
 
luiz alves em 08/10/2012 20:59:36
A laia do Puccinelli tem que sair da política do nosso Estado. Esse Otávio Trad faz parte dela. Não sabe de nada...
 
Emílio Paulino em 08/10/2012 20:56:59
Comentário tendencioso claro...
 
Cesar Trad em 08/10/2012 20:48:19
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions