A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

29/09/2016 16:07

Forças Armadas levarão eleitores que vivem no Pantanal até locais de votação

Ricardo Campos Jr.

Exército e Marinha firmaram parceria com a Justiça Eleitoral para garantir o transporte até os locais de votação para os 280 habitantes de fazendas e distritos do Pantanal em Mato Grosso do Sul. São áreas de difícil acesso que chegaram a contar com sessões eleitorais, desativadas em função da baixa quantidade de eleitores.

Antigamente, utilizavam-se aviões de produtores rurais locais e barcos das Forças Armadas para levar mesários e urnas até esses pontos.

No domingo (2), foi mantida apenas uma seção na planície pantaneira, no distrito de Porto Esperança. Situada às margens do Rio Paraguai, o acesso a esta localidade é possível apenas por água ou trem.

Um barco da Marinha levará urna e mesários para garantir o sufrágio de 120 eleitores aptos no distrito, distante 85,3 km de Corumbá, dos quais 14,3 km são pelo rio. Os dados dos chips serão transmitidos pela internet ou em equipamentos portáteis via satélite fornecidos pelo TSE (Tribunal Superior Eleitoral).

Nos demais locais, vai ser preciso levar as pessoas até os locais de votação. São sete rotas, com a utilização de ônibus, vans e barcos.

A maior operação logística compreende Forte Coimbra, distrito que faz parte da jurisdição do Exército, mas tem uma comunidade civil no entorno. Uma lancha militar sairá do local às 3h com 70 pessoas até Porto Murtinho, de onde a viagem seguirá em ônibus fretados até Corumbá. O retorno à fortificação será às 15h30, obedecendo a mesma rota.

Serão transportados também até a cidade os eleitores do distrito de Maria Coelho do Porto Morrinho, Jacadigo (subregião do Pantanal) e do Assentamento Paiolzinho. Os eleitores serão deixados no terminal de transbordo municipal, de onde se direcionarão às suas respectivas seções eleitorais por conta própria, retornando deste ponto às suas localidades após às 15h30.

A Justiça Eleitoral disponibilizou ainda dois ônibus para 100 eleitores das agrovilas 1 e 3 do Assentamento Taquaral, os quais residem distantes da seção instalada na Escola Monte Azul, no mesmo projeto de colonização agrária.

MS e mais 13 estados terão Forças Armadas na segurança da eleição
Mato Grosso do Sul está entre as 14 unidades federativas que receberão reforço militar para as Eleições 2016, que serão realizadas no próximo domingo...
Juiz Sérgio Moro nega suspensão de segundo interrogatório de Lula
O juiz federal Sérgio Moro negou nesta sexta-feira, 18, o pedido da defesa do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva para adiar seu interrogatório m...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions