A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

14/01/2017 11:21

Funcionários em desvio de função serão primeiros demitidos, diz prefeito

Novo acordo prevê desligamento e rompimento dos convênios até julho de 2017

Mayara Bueno
Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). (Foto: Alcides Neto)Prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD). (Foto: Alcides Neto)

Terceirizados da Seleta e Omep (Organização Mundial pela Educação Pré-Escolar) de Campo Grande que estão em desvio de função serão os primeiros na lista de demissão da prefeitura, afirmou o chefe do Executivo Municipal, Marquinhos Trad (PSD).

Ontem (13), a Justiça autorizou um plano de demissão controlado e substituição progressiva dos trabalhadores, como forma de por fim aos convênios ilegais, cujas suspeitas vão de desvio de verba a funcionários fantasmas.

“Aqueles que estavam em desvio de função, contratados pela Omep e Seleta, mas estavam na Saúde, ou, contratados pelos convênios, mas fazendo serviços dentro da entidade. Estes casos serão os primeiros”, disse o prefeito, neste sábado (14).

A primeira lista terá 200 pessoas, mas a relação de quem está em desvio de função é ainda maior. Para levantar este número, a prefeitura conseguiu prazo de 90 dias. A ideia é descobrir onde os servidores estão, para saber se de fato estão ou não trabalhando.

Outro objetivo é entender o motivo da diferença que ocorre entre a quantidade de funcionários em determinada unidade, como Ceinfs (Centro Educacional Infantil), onde existem funcionários terceirizados, em relação à demanda.

Acordo - Em novo acordo com a Justiça, assinado na sexta-feira foi definido que a Prefeitura de Campo Grande tem até o dia 28 de julho deste ano para demitir os cerca de 4,3 mil funcionários terceirizados. O novo pacto prevê a demissão de 200 funcionários e contratação de 70 concursados, já na próxima semana.

Assinaram o novo termo, o prefeito, representante do MPE-MS (Ministério Público Estadual de Mato Grosso do Sul) e o juiz da 2ª Vara de Direitos Difusos, Coletivos Individuais e Homogêneos, David de Oliveira Gomes Filho, em audiência na tarde hoje, no Fórum de Campo Grande.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions