A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

24/09/2012 11:11

Gestor do Aquário terá que dar contrapartida ao Estado, diz André

Paula Vitorino
Puccinelli particpou de solenidade do Dia do Servidor Penitenciário nesta manhã. (Foto: Minamar Júnior)Puccinelli particpou de solenidade do Dia do Servidor Penitenciário nesta manhã. (Foto: Minamar Júnior)

O governador André Puccinelli explicou nesta manhã que a empresa privada interessada em fazer a gestão do Aquário do Pantanal terá que oferecer benefícios públicos em contrapartida.

Como exemplo, ele apontou a concessão de alguns dias de visitas semanais gratuitas para estudantes de escolas públicas.

Até o dia 17 de outubro, o Governo receberá propostas para a operação do Aquário do Pantanal por meio de um PMI (Procedimento de Manifestação de Interesse), que deve selecionar estudos preliminares de viabilidade econômico-financeira.

Após a análise das propostas será possível avaliar qual a melhor forma de operação do Aquário, considerando a festão por iniciativa privada ou parceria entre município e estado.

“Isso serve para analisar quem tem interesse de tocar o Aquário, seja sozinho ou junto conosco, e oferecendo quais condições?”, explica.

Puccinelli ainda informou que já existe contato com seis “universidades mundiais que querem manter intercâmbio conosco depois do Aquário pronto”.

O Aquário do Pantanal começou a ser construído em maio deste ano, no Parque das Nações Indígenas, tem previsão de ser concluído em 30 meses. O investimento é de R$ 84,7 milhões.

A estrutura total, de 18,6 mil metros quadrados, vai abrigar 24 tanques, biblioteca, auditório para 250 pessoas, museu da biodiversidade, restaurante, seis laboratórios e loja de suvenir.

Serão sete mil animais, subdivididos em mais de 200 espécies (peixes, invertebrados, répteis e mamíferos). A intenção é tornar o aquário o maior referencial do país em consulta científica da fauna e flora da região pantaneira.

Assembleia recebe prestação de contas e fará limpeza de pauta antes do recesso
A última semana de trabalho do Poder Legislativo de Mato Grosso do Sul em 2017 será aberta com a audiência pública para prestação de contas do govern...
Assembleia vota prorrogação de adesão a fundo que regula incentivos fiscais
A prorrogação até 30 de dezembro do prazo para que empresas beneficiadas com incentivos fiscais concedidos pelo governo do Estado se inscrevam no Fad...


ENQUANTO ISSO NAS ENFERMARIAS....
 
MILTON OLIVEIRA FERREIRA em 24/09/2012 03:42:27
Porque o proprio Estado não gerencia o aquario, precisamos mesmo construir e ceder candidamente aos empresarios, cuja unica perca será ingressos gratuitos, acho irrisorio pelo que se espera de arrecadação. Que fique com o Estado.
 
Horlando P. de Mattos em 24/09/2012 03:26:19
e uma vergonha ninguem fala sobre a saude que e uma vergonha.ficam preocupados com coisas absurdas gastam dinheiro a toa porque que o dinheiro que esta sendo gastos nesse progeto não foi usado pra a contrução de um hospital para a população. o senhor governador deveria abrir os olhos e ver mais a população
ninguem vive de asfalto.
 
cledualdo rossi dos santos em 24/09/2012 02:04:20
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions