A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 13 de Dezembro de 2017

17/06/2011 12:59

Governador afirma que poderá aumentrar contrapartida para Cassems

Ítalo Milhomem
Governador afirma que fará favor al conceder qualquer aumento na contrapartida para Cassems. (Foto: Marcelo Victor) Governador afirma que fará favor al conceder qualquer aumento na contrapartida para Cassems. (Foto: Marcelo Victor)

O governador André Puccinelli (PMDB) afirmou que poderá dar uma pequena contrapartida para a Cassems (Caixa de Assistência dos Servidores do Mato Grosso do Sul) para que os servidores contribuintes do plano de saúde não sejam prejudicados, porém afirmou que não terá paridade entre a contribuição dos trabalhadores e do governo estadual.

Após a audiência pública sobre o PAC (Programa de Aceleração ao Crescimento) 2 da área de saneamento, realizada nesta sexta-feira (17), na Assembleía Legislativa, o governado explicou que com reajuste dado este ano, que em média alcançou entre 6% a 9%, a Cassems já arrecadou R$ 9,7 milhões a mais.

“O governo não tem obrigação nenhuma de dar a mais que o a lei determina, que são os 3%, vamos dar um pouquinho, que já não é obrigação nossa. Vamos discutir com os sindicatos, se eu der 0,1 já ajudei. Se eu der 0,5%, dei de favor, se eu der 1%, dei de favor, se eu der 1,5, também dei de favor. Cada 1% representa R$ 1,8 a mais para Cassems. Eles dizem que tem que chegar a 10%, mas aí é problema deles. Hoje são 8,25% precisaria de mais 1,75 % para isso”.

Nesta semana,quinze sindicatos dos servidores estaduais rejeitaram a possibilidade de aumentar a contribuição, que segundo a Cassems deveria chegar a 11,5%. Eles alegam que o governo do Estado sobrecarrega os atendimento de doenças ocupacionais, causadas pelo trabalho esvaziando os atendimentos no Cerest (Centro Estadual de Reabilitação em Saúde dos Servidores), órgão veiculado a Secretaria de Saúde e responsável em formular política na área de prevenção para os servidores.

Os representantes dos servidores, acreditam que com reajuste, que aumentaram os repasses para Cassems seja possível amenizar a cobrança em cima dos servidores. Como proposta para aliviar eles ainda propuseram a revisão de contrato dos gastos da entidade.



Lavinia Lima de Oliveira, Parabéns pelo seu comentário.Sou plenamente de acordo que nós servidores da ativa e aposentados nos organizemos em busca de uma solução.Somos conhecedores de que os prestadores de serviços médicos e odontológicos recebem muito aquém da realidade, tanto é que em minha cidade nem temos médicos credenciados pq para ele é mais interessante trabalhar para a Prefeitura que paga no último dia do mês,do que se credenciar na Cassems para nos atender e receber quase nada no final do mês , ou melhor um mês depois de fechar a folha.Sou uma destas vítimas que pagou diferença ao cardiologista por uma cirurgia em meu esposo, se quiz salvá-LO. Isto já faz um ano que ocorreu e estou em dificuldade até hoje.Só acontece este fato pq equipes médicas precisam se aperfeiçoar constantemente até fora de nosso País e para tal precisam dólares. Peço à diretoria da CASSEMS, revejam esta situação e nos ajudem não se esquecendo o Prof.Lauro que se hoje ele é Deputado agradeça aos credenciados.
Meu Abraço

Laura Lacerda Ferreira da Silva - Inocência MS
 
Laura Lacerda Ferreira da Silva em 21/06/2011 09:55:46
O aumento que os funcionários públicos tiveram neste ano indo embora.
 
adjair menese em 17/06/2011 05:24:21
Cada vez entendo menos o que acontece com a Cassems! Hoje nós pagamos 5.25,00%Fora o valor participativo das consultas,exames,e quantos que tem que fazer certas cirurgias ai vem outros pagamentos dependendo do caso ou paga ou morre,isso eu vi acontecer aí com um senhor aposentado que tinha que fazer uma cirurgia do coração, juntou a familia para ajudar a pagar uma diferença de quase 18.000,00. E o nosso salário quando foi u ultimo aumento!!não donativo,sou aposentada e nem me lembro qdo foi o ultimo aumento salarial .Será que o Presidente da Cassems não sabe disso?Se a nossa contribuição é tão pouca com que eles compram hospital ,constrói uma sede imponente como a que tem?Funcionários do Estado vamos nos organizar ,poque se não daqui poucos anos o nosso salario vai só para pagar a Cassems.
 
Livinia Lima de Oliveira em 17/06/2011 05:01:54
Não trabalho no estado, mais todos querem tirar dinheiro dos servidores que já ganham pouco, o governo deveria terminar que o reajuste da cassemes fossem menor que aquele que o governo oferecem para os professores NADA.
 
Alberto Pontes Filho em 17/06/2011 02:24:53
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions