A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quarta-feira, 20 de Março de 2019

29/11/2018 10:26

Governador confirma "ideia forte" de criar agência de desenvolvimento

Segundo governador, projeto com alterações na estrutura administrativa vai para Assembleia semana que vem

Marta Ferreira e Leonardo Rocha
O governador Reinaldo Azambuja durante agenda nesta manhã, no Centro de Convenções Rubens GIl de Camilo. (Foto: Leonardo Rocha)O governador Reinaldo Azambuja durante agenda nesta manhã, no Centro de Convenções Rubens GIl de Camilo. (Foto: Leonardo Rocha)

Chegará na semana que vem à Assembleia Legislativa o projeto com as mudanças que o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) pretende fazer no esqueleto administrativo estadual para o segundo mandato. Na definição do governador reeleito, não serão grandes mudanças, pois já considera o “staff estreito”. Um indicativo foi confirmado: a ideia de criar uma agência de desenvolvimento, com atuação focada em Brasília, cujo comando deve ficar a cargo do senador Pedro Chaves (PRB).

Chaves, que encerra o mandato este ano, já confirmou as negociações neste sentido. Disse que usaria seu capital de conhecimento, tanto empresarial como político, para atrair investimentos.  Reinaldo, durante agenda nesta manhã, não falou nomes e, ao ser indagado sobre o senador, disse apenas “estamos vendo”. Sobre a criação da agência de desenvolvimento, afirmou que é uma “ideia forte”.

Em relação a outras mudanças, explicou que a equipe técnica está fechando a proposta. Um das tarefas, informou, é reestruturar os cargos de confiança, os chamados DGA. Ele não detalhou se haverá enxugamento das funções em que os ocupantes são nomeados sem concurso público.

Reinaldo, segundo afirmou, entende que não são necessárias grandes mudanças no secretariado para a próxima administração. Hoje, são 10 órgãos de primeiro escalão, que ele tende suficientes.
Mais uma vez, no chefe do Executivo evitou falar em nomes para seu segundo governo. Até agora, apenas a volta de Carlos Alberto Assis para a Secretaria de Administração e Desburocratização foi oficializada.

Pacote – A reforma administrativa vai para a Assembleia na primeira semana de dezembro junto com outros projetos. Na terça-feira, está prevista a ida de dois secretários ao Legislativo para discutir o andamento dos projetos, Eduardo Riedel (Governo e Gestão Estratégica) e Jaime Verruck (Meio Ambiente e Desenvolvimento Econômico.

Da equipe atual, os dois tiveram a permanência no cargo já confirmadas, inclusive com a responsabilidade de cuidar das alterações e projetos de interesse do governo a serem avaliados neste fim de ano.

A entrevista do governador foi no Centro de Convenções Rubens Gil de Camilo, onde participou da abertura de seminário sobre o controle da administração pública.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions