A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

03/07/2014 12:01

Governador “puxa a orelha” de 31 prefeitos e cobra dívida com a Sanesul

Lidiane Kober e Leonardo Rocha
Na frente da cúpula política do Estado, André mandou recado duro a 31 prefeitos (Foto: Marcos Ermínio)Na frente da cúpula política do Estado, André mandou recado duro a 31 prefeitos (Foto: Marcos Ermínio)

Na presença de políticos de todo o Estado, o governador André Puccinelli (PMDB) “puxou a orelha” de 31 prefeitos ao cobrar deles o pagamento de dívida com a Sanesul (Empresa de Saneamento de Mato Grosso do Sul).

O recado foi dado, nesta quinta-feira (3), durante solenidade de assinatura das emendas parlamentares, que garantem investimento de R$ 19,2 milhões em saúde, educação e assistência social.

“Estão inadimplentes 31 prefeituras, sou obrigado a cobrá-las, espero que façam a negociação com a Sanesul, já que está possui normas e regras a serem cumpridas”, disse André, sem informar o montante da dívida.

Ele ainda revelou que, dos 31 prefeitos, “seis nem deram bola para o nosso aviso”. “Como estou no último ano do meu mandato, sou obrigado a fazer essa recomendação”, reforçou. “Se essas prefeituras quiserem, o governo estadual pode auxiliar neste processo”, completou.

Pouco depois, questionado pelos jornalistas, sobre quais prefeituras estão inadimplentes, “por uma questão de ética”, ele não revelou a lista. “O importante é que o recado já foi dado”, comentou.

Sobre os riscos que os inadimplentes correm, o governador só disse que “se não pagarem, a procuradoria-geral vai analisar as sanções a serem aplicadas”.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions