A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

15/02/2011 12:27

Governador tem reunião em Brasília amanhã para discutir implantação de ferrovia

Aline Queiroz e Paulo Fernandes

Traçado da integração ferroviária entre os dois estados já foi definido

Governador André Puccinelli participou nesta terça-feira da abertura dos trabalhos na Assembleia (foto: João Garrigó/Campo Grande News)Governador André Puccinelli participou nesta terça-feira da abertura dos trabalhos na Assembleia (foto: João Garrigó/Campo Grande News)

O governador André Puccinelli (PMDB) tem reunião amanhã com o presidente da ANTT (Agência Nacional de Transportes Terrestres), Bernardo Figueiredo, para discutir a implantação da Ferrovia Pantanal, que deverá ligar Mato Grosso do Sul ao Paraná.

De acordo com André, o impasse com o governador do Paraná, Beto Richa, que era o traçado, já foi resolvido. “Finalmente o estado do Paraná disse que o nosso plano é igual ao deles”, afirmou o André Puccinelli em entrevista esta manhã.

Somente depois da ferrovia implantada, é que será definido quem irá operacionalizar o sistema. A reunião de amanhã será às 14h30, na ANTT.

O objetivo é viabilizar a construção de um ramal para ligar a Ferrovia do Pantanal, na região de Maracaju e Dourados, até Cascavel, no Paraná. O trajeto prevê passagem por Aparecida do Taboado, Três Lagoas, Nova Andradina, Maracaju e Dourados, de onde desce um ramal até Mundo Novo e Guaíra para, então, chegar a Cascavel.

O empreendimento é um dos nove projetos estratégicos do governo de Mato Grosso do Sul na área de infraestrutura, que é discutido por André desde a primeira administração junto aos demais governos dos estados integrantes Codesul (Conselho de Desenvolvimento e Integração Sul) e ao governo federal.

Bancada - O governador também pretende se reunir com a bancada federal de Mato Grosso do Sul. Entre os assuntos que devem entrar na pauta está a partilha igualitária dos recursos provenientes do pré-sal e a PEC (Proposta de Emenda Constitucional) 29, que prevê repasse mínimo do governo federal para a Saúde.



Já era tempo de alguem pleitear um movimento para a ligação de matogrosso do sul ao paraná, até atingir o porto paranaense, e assim baratear os custos de transporte , chega de transportar tudo neste país só de caminhão.
 
jorge rolim em 15/02/2011 08:28:34
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions