A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 23 de Março de 2019

26/02/2019 16:53

Governo Bolsonaro tem 38,9% de aprovação, aponta pesquisa da CNT

Outros 19,0% classificação o governo do novo presidente como negativo. Para 29,0% a avaliação é regular e 13,1% não souberam opinar.

Gabriel Neris
Presidente Jair Bolsonaro tem quase 39% de aprovação (Foto: Alan Santos/PR)Presidente Jair Bolsonaro tem quase 39% de aprovação (Foto: Alan Santos/PR)

O governo do presidente Jair Bolsonaro (PSL) foi aprovado por 38,9% dos entrevistados pela CNT (Confederação Nacional do Transporte) e Instituto MDA. A pesquisa foi realizada entre 21 e 23 de fevereiro.

Outros 19,0% classificação o governo do novo presidente como negativo. Para 29,0% a avaliação é regular e 13,1% não souberam opinar.

A aprovação do desempenho pessoal do presidente chega a 57,5% contra 28,2% de desaprovação, além de 14,3% que não souberam opinar.

Foram ouvidas 2.002 pessoas em 137 municípios de 25 Estados. A expectativa da maioria é positiva em relação à geração de emprego. Pelo menos 51,3% consideram que vai melhorar, 17,2% disseram que ficará pior, e 28,7% consideram que não haverá mudança.

Sobre a renda mensal, 33,8% estão otimistas e que vai aumentar, 9,6% acreditam que pode piorar, e 51,2% consideram que permanecerá igual.

A saúde também foi tema da pesquisa. Disseram que vai melhorar 41,7% dos entrevistados, 19,2% acreditam que irá piorar, e 36,0% que seguirá como está.

Pelo menos 47,2% do total de entrevistados consideram que a educação apresentará melhora. Outros 15,6% apostam que vai piorar e 34,8% que permanecerá do mesmo jeito.

Sobre a segurança pública, 53,3% estão otimistas, 26,3% dizem que vai ficar igual e 17,5% acreditam que haverá piora.

Para 55,4%, o governo Jair Bolsonaro está sendo melhor que o governo Michel Temer. 24,3% consideram que está sendo igual e 8,7% avaliam que está pior. Na comparação do governo de Dilma Rousseff e de Jair Bolsonaro, 55,9% acham que o governo Jair Bolsonaro está sendo melhor. 19,4% avaliam que está pior e 14,5% consideram que está sendo igual.



A grosso modo, só os eleitores fanáticos do Bolsonaro continuam com ele.
Ele não ampliou em nada sua aceitação.
Para início de governo, a coisa está feia.
Pelo jeito, só cantar o hino nacional não vai ajudar.
Estamos no "modo ino". "Ino pro buraco".
 
Critico em 26/02/2019 18:56:52
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions