A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 14 de Dezembro de 2017

27/03/2012 15:55

Governo e Fetems iniciam conversas sobre política salarial para os próximos 3 anos

Wendell Reis

Plano de Cargos e Carreira da educação básica começa a ser discutido na próxima semana

O presidente da Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul), Roberto Magno Botareli Cesar, informou ao Campo Grande News que se reunirá na próxima semana, provavelmente na terça-feira (3), com o secretário de assuntos legislativos da Casa Civil no Estado, Carlos Mark, para tentar construir com o Governo a política salarial da educação básica até 2014.

Os professores já receberam 8,22% de reajuste em janeiro, mas a Fetems ainda está debatendo o salário dos servidores administrativos, que deve ser renovado em maio. A Fetems pretendia fechar o PCC (Plano de Cargos e Carreira) da categoria no final de março, mas por conta da paralisação ocorrida neste mês, o PCC deve ser finalizado até 20 de abril.

Segundo Botareli, o governador se comprometeu a votar o PCC assim que o acordo for fechado. Entre as solicitações da categoria estão a volta do doutorado, inclusão de administrativos no corpo da lei, para fazer parte do estatuto, promoção funcional no dia 1º de maio e 15 de outubro e aumento de dois integrantes na Comissão de Valorização Profissional da Educação Básica. A Fetems pretende aumentar duas vagas para destinar ao setor administrativo.

Os servidores também defendem piso para 20 horas e não 40 horas e aumento do percentual para os casos de difícil acesso. Botareli explica que atualmente os professores que se encaixam nestes casos recebem 10% a mais e a Fetems solicita pagamento de acordo com a distância percorrida. Os professores ainda solicitam 1/3 da jornada para hora/atividade.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions