A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

18/03/2013 12:49

Governo reforça segurança na fronteira com entrega de equipamentos

Carlos Martins
Governador André Puccinelli: equipamentos vão descentralizar os serviços da perícia (Foto: Vanderlei Aparecido)Governador André Puccinelli: equipamentos vão descentralizar os serviços da perícia (Foto: Vanderlei Aparecido)

Nos últimos seis anos os investimentos feitos em Mato Grosso do Sul na área de segurança pública, por meio da aquisição de equipamentos para serem utilizados no policiamento e no serviço de inteligência, colocaram o Estado com o primeiro no País na resolutividade de homicídios, com um índice de 62% dos casos, e ajudaram a reduzir em 38% os crimes de homicídios e crimes contra o patrimônio, como roubos e furtos. Estes dados foram apresentados nesta segunda-feira pela Secretaria de Justiça e Segurança Pública na entrega de veículos e equipamentos que vão reforçar ainda mais a segurança nas regiões de Amambai, Campo Grande, Corumbá, Dourados, Nova Andradina e Ponta Porã.

“A resolutividade dos crimes no Estado é o dobro da média nacional que fica entre 20 e 30%. Isso tudo demonstra a correção das diretrizes do governador André Puccinelli e também da execução destas políticas feitas em Mato Grosso do Sul nos últimos seis anos”, disse o secretário Wantuir Jacini, durante a entrega dos equipamentos no pátio da Governadoria. Os equipamentos, no qual foram investidos, fazem parte do Plano Estadual de Segurança Pública.

Foram entregues 16 viaturas, 90 notebooks, 152 armas, detectores de metal, além de aparelhos periciais e mobiliários (cadeiras, mesas, armários, estantes) que envolvem investimentos de R$ 2,4 milhões, oriundos de convênios firmados entre a Senasp (Secretaria Nacional de Segurança Pública) do Ministério da Justiça e a Sejusp (Secretaria de Estado de Justiça e Segurança Pública de Mato Grosso do Sul).

Segundo o governador, os equipamentos que irão municiar as perícias em Corumbá, Dourados e Ponta Porã, ajudarão a descentralizar o serviço e evitarão congestionamento e demora nos esclarecimentos. Ele reiterou que seu governo continuará investindo fortemente em segurança pública, educação e saúde, que foram as principais necessidades apontadas por pesquisa antes de ele assumir o governo e que continuam como prioridade.

16 viaturas vão reforçar segurança; armas, notebooks e mobílias também foram entregues  (Foto: Vanderlei Aparecido)16 viaturas vão reforçar segurança; armas, notebooks e mobílias também foram entregues (Foto: Vanderlei Aparecido)
Secretário Wantuir Jacini: resultados na área de segurança demonstram a correção das diretrizes (Foto: Vanderlei Aparecido)Secretário Wantuir Jacini: resultados na área de segurança demonstram a correção das diretrizes (Foto: Vanderlei Aparecido)

Mais recursos - Puccinelli disse, ainda, que o Estado irá buscar mais recursos para serem aplicados na área de fronteira, já que Mato Grosso do Sul tem 1.300 km de fronteira com outros países e quase 800 km de fronteira seca e merece ser priorizado pelo Governo Federal. “Pouco com Deus é muito, mas é muito pouco o que nos deram. Vamos levantar nossa voz para pedir o que é de direito aos ministros das áreas, principalmente ao ministro da Justiça, para que olhem com bons olhos para nosso Estado”, disse Puccinelli. .

Integram o plano convênios que atenderão a vários setores: os setores da Perícia e ao DOF (Departamento de Operações de Fronteira), a Polícia comunitária, que nos últimos seis anos formou mais de 4 mil policiais militares e civis dentro da doutrina; a Perícia, que terá equipamentos destinados as 44 cidades da fronteira por meio das regionais de Dourados, Ponta Porã e Corumbá e que permitirão que mais de 80% dos laudos sejam feitos no interior sem que precisem ser encaminhados para a Capital. Em outro convênio, a coordenação do Programa Educacional de Resistência às Drogas e a Violência (Proerd) recebeu dois veículos Fiesta e um veículo furgão para o Cead (Conselho Estadual Antidrogas).

Foram entregues ainda três viaturas modelo Fiesta Seda para as unidades de Perícia e Identificação dos municípios de Corumbá, Dourados e Ponta Porã. Quatro picapes Ranger foram destinadas para DOF (Departamento de Operações de Fronteira) e uma para o Defron (Delegacia de Repressão aos Crimes de Fronteira). Para o Policiamento Comunitário, foram destinados quatro furgões e notebooks para Amambai, Corumbá, Dourados e Nova Andradina.

Com esta entrega, o Estado concluiu a distribuição dos veículos e equipamentos adquiridos por meio do convênio firmado com o Enafron (Estratégia Nacional de Segurança Pública nas Fronteiras/MS), que, na primeira fase, liberou R$ 4,5 milhões para aparelhar as unidades da polícia localizadas na região de fronteira. A contrapartida do Estado, além de incluir recursos financeiros, será por meio de concursos públicos autorizados pelo governador para a Polícia Militar, Polícia Civil e Perícia, com exclusividade para cidades de fronteira.



Esqueceram da Policia Militar Rodoviária Estadual (PRE), que cuida das rodovias estaduais de fronteira, tais como: MS-164, MS-156, MS-386, MS-289, MS-295, MS-160, MS-485 e a linha internacional que vai de Ponta Porã-MS a Mundo Novo-MS, que esta sendo asfaltada. Eles também fazem segurança na fronteira, alias grande parte da droga apreendida na região de fronteira ano passado, foram feitas pela PRE.
 
Kelly Ohana em 18/03/2013 14:14:27
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions