A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 20 de Agosto de 2017

12/03/2014 08:59

Grupo para cassar Bernal reúne 20 vereadores na véspera de sessão

Edivaldo Bitencourt e Leonardo Rocha
Concentração na frente da Câmara começou ontem à tarde para participar de sessão de julgamento (Foto: Marcos Ermínio)Concentração na frente da Câmara começou ontem à tarde para participar de sessão de julgamento (Foto: Marcos Ermínio)

A oposição participou de uma reunião de aproximadamente quatro horas para definir a estratégia e unificar o discurso para cassar o mandato do prefeito de Campo Grande, Alcides Bernal (PP). No encontro, realizado na casa da vereadora Carla Stephanini (PMDB), reuniu 20 vereadores, que estariam fechados para votar a favor do afastamento do chefe do Executivo.

O líder da oposição, Airton Saraiva (DEM), confirmou o encontro e a participação de 20 parlamentares. “É um jogo de xadrez”, disse o democrata, que fez mistério sobre os participantes do encontro.

“Além dos 20, temos três vereadores do outro lado”, garantiu, apostando em mais um racha na pequena base do prefeito. Na abertura da Comissão Processante, Bernal contava com nove vereadores e viu a base encolher com a mudança de lado dos vereadores Chocolate (PP) e Professora Rose (PSDB).

O líder do PMDB, Vanderlei Cabeludo, confirmou o encontro e a participação de 20 vereadores. A reunião terminou por volta das 23h30. Ele garantiu que a cassação de Bernal terá o apoio de 22 vereadores.

Expectativa – A princípio, a base aliada de Bernal dá como certa o voto contra a cassação dos vereadores Zeca do PT, Ayrton Araújo e Marcos Alex, do PT; Luiza Ribeiro (PPS); Cazuza (PP); Gilmar da Cruz (PRB); e Paulo Pedra (PDT).

A oposição conta com os votos dos cinco do PMDB (Cabeludo, Carla Stephanini, Edil Albuquerque, Mario Cesar e Paulo Siufi); três do PSD (Coringa, Chiquinho Telles e Delei Pinheiro); do PSDB (João Rocha e Professora Rocha); do PR (Grazielle Machado e Jamal Sallem); do PTdoB (Flávio César, Eduardo Romero e Otávio Trad); Juliana Zorzo (PSC); Elizeu Dionízio (SDD); Chocolate (PP); Alceu Bueno (PSL), Carlos Augusto Borges, o Carlão (PSB), e Airton Saraiva (DEM).

A oposição conta com o voto de Edson Shimabukuro (PTB), que indicou o presidente da Agetran, mas não está contente porque não emplacou os demais cargos na pasta.

Vereadores se reuniram nesta noite para discutir julgamento de Bernal
Conforme informações apuradas pelo Campo Grande News, cerca de 20 parlamentares estiveram na casa da vereadora Carla Stephanini (PMDB), na noite dest...
Cerca de 100 pessoas aguardam julgamento de Bernal na Câmara Municipal
A Polícia Militar interditou, por volta das 20h desta terça-feira (11), o trecho da avenida Ricardo Brandão, no bairro Jatiuka Park, em frente a Câma...



Gilberto, não precisa anular o voto. É só não votar mais nele.
 
Ronaldo Castor em 12/03/2014 11:24:34
o interessante em tudo isso, é ver o presidente Edil que passou oito anos na adm do Nelsinho, e não pagaram os aluguéis e chamar a ação de calote é brincadeira.
Não votei no Bernal, tambem entendo que a responsabilidade é dele( prefeito ) mas dai
cassa-lo ? o que vai mudar ?
Apenas para lembra-los já foi o tempo em que o povo era chamado de sem memória,
Gilberto a solução não é votar em branco mas mudar o vereador e não reeleger.
 
francisco damacenosobrinho em 12/03/2014 11:07:01
Acho que esta novela ainda não termina hoje, provavelmente o STF, vai decidir pela suspensão da sessão, para poder examinar o recurso do prefeito com mais tempo e detalhes, assim sendo fico no aguardo de novos capitulos.
 
juvenil marques do vale em 12/03/2014 10:52:13
Sr. Edson Shimabukuro , por estas e outras que com certeza eu e mais um monte de eleitores iremos anular ou votar em branco nas próximas eleições . Pois me sinto traído como eleitor ver a barganha de cargos por votos. Acorda Brasil.
 
GILBERTO P PEREIRA em 12/03/2014 10:09:42
Deixa eu ver se entendi: o voto do vereador para cassar um prefeito teria sido decidido porque está descontente? E o descontentamento seria porque indicou apenas o presidente da Agetran, mas não emplacou os demais cargos na pasta? Fisiologismo puro e expresso não causa nenhuma vergonha mais? E agora serve de motivo para cassação de um cargo de prefeito conferido pelo voto direto da população???
 
Elaine Lobato em 12/03/2014 09:50:10
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions