A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 28 de Maio de 2017

11/03/2014 18:30

Mulheres do 1º escalão de Bernal vão à Câmara para dizer não à cassação

Josemil Arruda
Ritva acredita que 17 dos 29 vereadores votarão amanhã contra cassação de Bernal (Foto: Zana Zaidan)Ritva acredita que 17 dos 29 vereadores votarão amanhã contra cassação de Bernal (Foto: Zana Zaidan)

Além dos manifestantes que estão sendo levados à Câmara de Campo Grande por assessores de Bernal, os secretários municipais devem estar em peso amanhã na sessão de julgamento do prefeito Alcides Bernal (PP). “Não sei se todos os secretários vão estar lá amanhã, não posso falar por eles, mas eu, a Dharling (Campos), Jacqueline (Romero) e Leila (Machado) estaremos com certeza”, informou a presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos, Ritva Vieira.

Embora admita que as quatro secretarias municipais estarão defendendo Bernal na sessão de quarta-feira (12), Ritva negou que qualquer integrantes do primeiro escalão da Prefeitura de Campo Grande esteja despejando manifestantes hoje para armar barracas em frente da Câmara. “Vamos amanhã sim, mas não estamos levando ninguém de carro para lá. Isso não é verdade”, garantiu o dirigente.

Na coletiva do presidente da Câmara de Campo Grande, na última quinta-feira (6), três das quatro secretárias de Bernal estiveram ouvindo atentamente as palavras de Mario Cesar sobre a decisão do Superior Tribunal de Justiça (STJ) pela retomada do julgamento da cassação na Câmara. Presenciaram a entrevista a presidente da Agência Municipal de Regulação de Serviços Públicos, Ritva Vieira, a secretária de Desenvolvimento Econômico, de Ciência e Tecnologia e do Agronegócio (Sedesc), Dharleng Campos, e a titular da Secretaria Extraordinária da Mulher, Jaqueline Romero.

“Inclusive quando estivemos naquela coletiva eu já tinha falado que iríamos estar na sessão de julgamento. No dia da sessão vamos estar presentes”, disse Ritva.

Otimismo – Ritva Vieira está otimista quanto ao placar da votação de amanhã. “Estou confiante. Nossos vereadores vão atuar de forma condizente. Sabem que não houve prática de ilícito, que não houve improbidade. Acho que a gente vai sair de lá com a chancela final favorável”, afirmou ela.

Questionada sobre os votos que acredita que Bernal terá a seu favor, Ritva respondeu: “Olha, eu não sou boa de prognóstico. Mas eu tenho um número. Acredito que serão 17 votos contra a cassação”.

 

 




Por que essas mulheres não vão fazer o que são pagas pra fazer, vão trabalhar!! ACORDA CAMPO GRANDE!!!!!
 
everson diniz em 11/03/2014 20:59:56
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions