A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

16/05/2016 12:43

Grupo político tem quatro opções para eleição municipal em Três Lagoas

Leonardo Rocha
Eduardo Rocha diz que grupo escolhe candidato até o final do mês (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)Eduardo Rocha diz que grupo escolhe candidato até o final do mês (Foto: Wagner Guimarães/ALMS)

O grupo político formado por sete partidos, em Três Lagoas, cidade que fica a 338 km de Campo Grande, tem neste momento quatro opções para a eleição municipal. Articulado pelo PMDB, eles pretendem avaliar os nomes por meio de pesquisa e depois definir o escolhido, até o final do mês.

Este bloco é formado pelo PMDB, PSB, PPS, PDT, PROS, PEN e PSL. "Fizemos uma reunião neste final de semana para definir as opções para prefeitura, como já havia divulgado antes, nosso partido não terá candidato e sequer vai indicar o vice, vamos montar apenas a chapa de vereadores", disse o presidente municipal do PMDB, o deputado Eduardo Rocha.

Ele ponderou que o grupo trabalha com os nomes do auditor fiscal Fabrício Venturoli (PROS), do presidente da Associação Comercial, Atílio D'Agosto (PPS), do vereador Gilmar Garcia (PSB) e do empresário Rogerson Rímoli (PDT). "São os interessados, vamos avaliar para fazer a melhor escolha", disse ele.

Existia uma articulação para escolha do ex-conselheiro do TCE (Tribunal de Contas Estadual), Cícero de Souza, como candidato do grupo, mas segundo o deputado, o mesmo revelou que não tem o interesse de disputar o pleito. "Ele disse que por enquanto não quer concorrer, por isso não o colocamos na lista".

O PMDB esteve a frente da cidade nos últimos 20 anos, mas decidiu colocar como prioridade apenas a reeleição dos três vereadores do partido: Tonhão, Luciano Dutra e Adão da Apae. Para Eduardo Rocha chegou a hora "de dar uma folga" ao partido e também a população.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions