A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 12 de Dezembro de 2017

03/08/2010 16:48

Ipems diz que André Puccinelli tem 59% e Zeca do PT 39%

Redação

Pesquisa do Ipems (Instituto de Pesquisa de Mato Grosso do Sul), divulgada nesta terça-feira, coloca o governador André Puccinelli (PMDB) com 20 pontos percentuais de vantagem sobre o rival governador Zeca do PT.

Contando apenas os votos válidos, sem os indecisos e nulos, André tem 59,13%, contra 39,14% de Zeca e 1,73% de Nei Braga (PSOL).

No geral, André Puccinelli tem 52,27% das intenções de voto, contra 34,60% de Zeca, o que garantiria a reeleição já em primeiro turno.

Nei Braga (PSOL) aparece com 1,53%, índice menor que o de eleitores que não opinaram ou não sabem em quem votar (7,47%) e daqueles que disseram que não votariam em nenhum dos três candidatos ao governo (4,13%).

O atual governador venceria Zeca tanto em Campo Grande quanto no interior, segundo a pesquisa. Na Capital, que André administrou por dois mandatos, ele tem 56,30% das intenções de votos, contra 28,66% do ex-governador.

No interior, a diferença diminui. O candidato peemedebista aparece com 50,30%, contra 37,50% do petista.

Nei Braga tem 1,22% em Campo Grande e 1,69% no interior.

Perfil - André também tem a preferência do eleitor em todas as faixas de renda familiar e grau de escolaridade.

Entre os eleitores com renda de até 3 salários mínimos, o governador tem 57,67% das intenções dos votos válidos contra 40,73% de Zeca.

A diferença aumenta na faixa de 3 a 8 salários, com André saltando para 65,81% das intenções de votos e Zeca caindo para 31,62%.

Dos eleitores com renda superior a 8 salários, 58,62% preferem André e 41,38% querem a volta de Zeca.

Apesar de André ter mais eleitores que Zeca em todos os índices de escolaridade, a diferença entre peemedebista e petista é menor entre os analfabetos do que entre os que têm ensino superior completo.

Enquanto 59,18% dos analfabetos votam em André, 40,82% escolhem Zeca. Entre os eleitores com diploma de curso superior, 63,33% preferem o atual governador e 32,22% votam no petista.

Ainda considerando somente os votos válidos, André Puccinelli atinge 85,71% das intenções de voto quando é considerada somente a faixa etária de 16 a 17 anos, em que o voto não é obrigatório. Zeca aparece com 14,29% nesse quesito.

Espontânea - Na pesquisa espontânea, onde não são apresentados os nomes dos candidatos, 28,7% dos eleitores disseram que vão votar em André e 19,87% em Zeca. Nei Braga aparece com 0,27%.

Também foram citados os nomes do ex-governador Pedro Pedrossian (0,27%) e do prefeito Nelsinho Trad (0,07%), que não são candidatos, e de Simone Tebet (0,13%), que é vice na chapa de André.

Mais da metade dos eleitores (51,47%) não opinaram ou disseram não saber em quem vão votar.

Confronto direto O Ipems também simulou a possibilidade de um 2º turno entre André Puccinelli e Zeca do PT.

No confronto direto, o atual governador venceria o rival por 53,33% dos votos contra 35,60%. Não opinaram ou não sabem 6,93% e 4,13% disseram que não votariam em nenhum dos dois.

Foram ouvidas 1.500 pessoas no período de 26 de julho a 2 de agosto. A pesquisa Ipems está registrada no TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral) sob o protocolo 26.551/2010. A margem de erro é de 2,53 pontos percentuais para mais ou para menos e o intervalo de confiança é de 95%.

Reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, diz Meirelles
A reforma da Previdência deve ser votada na semana que vem, de acordo com o ministro da Fazenda Henrique Meirelles. A declaração foi dada na noite de...
Quanto mais reforma demorar, mais dura será correção, diz ministro
Caso o governo não consiga aprovar a reforma da Previdência ainda este ano, conseguirá em 2018, disse hoje (11) o ministro do Planejamento, Dyogo Oli...
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions