A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

10/03/2014 19:57

Juiz pede vistas e TRE adia julgamento do prefeito de Bonito

Josemil Arruda

O Tribunal Regional Eleitoral (TRE) decidiu adiar o julgamento do recurso contra a cassação do prefeito de Bonito, Leonel Lemos de Souza Brito, o Leleco (PTdoB), a pedido do juiz Heraldo Garcia Vitta. O fato de ter sumido a prova principal do processo, uma agenda, Vitta pediu mais tempo para analisar os autos. O recurso deve voltar à pauta na próxima segunda-feira.

Apesar do sumiço da prova, a Justiça Eleitoral de primeira instância cassou o mandato de Leleco, levando em conta outros elementos que deram suporte à acusação de compra de votos. No dia 2 de março de 2012, véspera da eleição suplementar de Bonito, em operação conjunta da Polícia Civil e do DOF, foi detido o carro da mulher de Leleco, Néia Prado, e preso o motorista que conduzia o veículo, por suspeita de compra de votos.

O motorista tinha na carteira aproximadamente R$ 1,5 mil em notas trocadas, em maços de R$ 2, R$ 5, R$ 10, R$ 50 e R$ 100. Havia também uma agenda com três páginas de possíveis nomes, telefones e endereços, além de material de campanha.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions