A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

17/04/2008 16:34

Justiça considera irregular venda de área em Paranaíba

Redação

O juiz Mário José Esbalqueiro Junior, da Comarca de Paranaíba, decretou hoje a indisponibilidade de bens do prefeito Manoel Ovídio (PR), investigado em processo no qual é acusado de improbidade administrativa.

O magistrado atendeu a pedido do Ministério Público Estadual, que acusa o prefeito de ter desapropriado uma área pertencente ao seu irmão, Brás Ovídio, por valor acima do praticado no mercado. O procedimento foi realizado em 2005, com o objetivo de ceder o terreno para instalação do campus da UFMS no município.

Segundo o despacho do juiz, os acusados se usaram de uma

imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions