A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 11 de Dezembro de 2017

21/08/2013 23:49

Justiça Eleitoral nega recurso e mantém cassação de eleita em Miranda

Vinícius Squinelo

O TRE/MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) negou recurso da coligação “Miranda nos caminhos da mudança” e confirmou a cassação da prefeita eleita de Miranda, Juliana Pereira Almeida (PT).

O pleno do Tribunal negou recurso da coligação no dia 12 deste mês, mas o parecer será publicado na edição do Diário Oficial do TRE desta quinta-feira (21). Juliana foi cassada em maio, quando Marlene Bossay (PMDB), segunda colocada no pleito eleitoral, foi convocada para assumir a prefeitura de Miranda, cidade distante 201 km de Campo Grande.

A coligação “Miranda nos caminhos da mudança” teve o recurso negado por unanimidade pelo pleno do Tribunal, em processo relatado pelo juiz Elton Luís Nasser de Mello.

Juliana recebeu 5.682 votos, equivalente a 38,43%, De acordo o processo eleitoral, a prefeita eleita participou de um esquema de compra de votos durante as eleições de outubro de 2012, quando funcionários entregaram dinheiro a eleitores da Aldeia Lalima, constantes de listas, em troca de votos, após o período do registro de candidatura e antes do dia da eleição.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions