A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

22/08/2013 18:50

Justiça Eleitoral precisa requisitar mais servidores e dá vantagens especiais

Zemil Rocha
Justiça Eleitoral faz requisição de servidores para dar conta do serviço (Foto: Arquivo)Justiça Eleitoral faz requisição de servidores para dar conta do serviço (Foto: Arquivo)

Os trabalhos realizados nas eleições ordinárias, suplementares e parametrizadas não são apenas feitos por integrantes dos quadros da Justiça Eleitoral. Servidores públicos também são requisitados para dar ajudar nos trabalhos eleitorais, como permite a Lei n.º 6.999/82 e a Resolução 32.255/10, e acabam sendo beneficiados com algumas vantagens especiais, como jornada de sete horas em tempo de eleição e de seis horas em ano não eleitoral e recesso de 17 dias no final de um exercício e começo do outro. Há hoje necessidade de novos quadros em Mato Grosso do Sul para suprir as necessidades do serviço.

Requisitados, os servidores de órgãos públicos municipais, estaduais ou federais conservam os direitos e vantagens que fazem parte do exercício de seu cargo ou emprego, tendo porém uma jornada de trabalho diferenciada, podendo também trabalhar além-jornada e ter as horas extras pagas ou compensadas. Têm direito a férias regulamentares, aos feriados previstos em lei e também desfrutam do recesso previsto no Inc. I do art. 62 da Lei nº 5.010/66, no período de 20 de dezembro e 6 de janeiro.

As vantagens acabam gerando muitas inscrições, especialmente por parte de servidores que trabalham em órgãos do Poder Executivo, que não têm recesso de final de ano. Os servidores públicos que desejam ser requisitados pela Justiça Eleitoral podem entrar em contato com o Cartório da Zona Eleitoral do seu município.

O serviço da Justiça Eleitoral é permanente, ocorrendo antes, durante e depois das eleições. Além dos trabalhos voltados para o dia das eleições, como preparação das urnas e das seções eleitorais; convocação e treinamento de mesários; acompanhamento da votação e apresentação dos resultados, o servidor requisitado auxilia nos trabalhos rotineiros desenvolvidos pelo Cartório Eleitoral, que atendem o eleitor com serviços de alistamento, transferência, revisão de inscrição eleitoral, emissão de certidões e consulta de processos.

 

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions