A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

29/09/2011 12:26

Lauro Davi nega ter iniciado confusão e chama ex-deputado de mentiroso

Fabiano Arruda
Deputado Lauro Davi mostra marca de agressão ocorrida no diretório do PSB na Capital.Deputado Lauro Davi mostra marca de agressão ocorrida no diretório do PSB na Capital.

O deputado estadual Lauro Davi (PSB) negou ter iniciado briga com o ex-deputado Sérgio Assis durante encontro do partido no diretório de Campo Grande na terça-feira à noite.

Davi expôs ontem de manhã, na Assembleia Legislativa, que foi agredido “do nada” por Assis. O ex-deputado e vice-presidente do PSB, no entanto, garantiu que foi ofendido pelo parlamentar e que havia sido agredido, primeiramente, com uma “cadeirada”.

“Sérgio Assis é um mentiroso e desiquilibrado mental. Pessoas como ele não podem conviver em sociedade, muito menos em agremiações políticas”, disparou Davi.

O deputado assegurou ainda que o prefeito de Dourados e presidente estadual do PSB, Murilo Zauith, além do vereador de Campo Grande Carlos Augusto Borges, são testemunhas da agressão que ele sofreu.

Ele rebateu também que teria atirado uma cadeira em Assis. “Como eu jogaria uma cadeira se estava sentado?”, ironizou. “Ele tem que responder criminalmente pelo que fez”, complementou o deputado, que registrou boletim de ocorrência na Depac (Delegacia de Pronto Atendimento) do Centro da Capital.

Do outro lado, Sérgio conversou ontem com o Campo Grande News e contou que também registrou Boletim de Ocorrência acusando Lauro de agressão.

"Infelizmente, depois de tudo que fiz para ele, votei, pedi votos e trabalhei, acabo sendo agredido", lamentou Assis.

Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


Que coisa feia, heim senhores?
Espera-se mais equilíbrio das pessoas que se propõem a representar os eleitores.
Seja lá quem começou essa "briga". Já dizia minha avó: quando um não quer dois não brigam. Esperamos que os eleitores reflitam mais na hora de depositar seu voto na próxima eleição.
 
Mário Ney Corrêa Anastácio em 29/09/2011 05:39:51
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions