A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Terça-feira, 22 de Agosto de 2017

12/03/2014 20:46

Luiza Ribeiro diz que juiz inocentou Bernal e Câmara não pode ignorar

Josemil Arruda
Luiza Ribeiro ao lado do vereador Paulo Pedra (Foto: Cleber Gellio)Luiza Ribeiro ao lado do vereador Paulo Pedra (Foto: Cleber Gellio)

A vereadora Luiza Ribeiro (PPS), a primeira dos vereadores a falar hoje durante a sessão de julgamento do prefeito Alcides Bernal (PP), usou seu tempo, de 15 minutos, para dizer que não houve irregularidades nas contratações de empresas feitas pela atual gestão, tendo como base a decisão do juiz da 2 Vara de Fazenda Pública, Davi Oliveira Gomes Filho, que considerou não haver improbidade.

Depois de criticar a Mesa Diretora, alegando que teve a palavra cerceada pouco antes, quando tentou apresentar junto com o vereador Alex do PT um requerimento para inclusão da decisão do juiz no processo de cassação, Luiza enfatizou o papel de controle e fiscalização do Legislativo.

Considerou, no entanto, que a Comissão Processante da Câmara se baseou apenas em três pilares - gás, limpeza e alimentos – para pedir a cassação de Bernal. Observou, porém, que o juiz David Filho considerou que “não houve dano nem dolo” por parte do prefeito na sentença do dia 16 de janeiro. “O juiz comprovou isso em sua decisão”, disse.

Para ela, não há razão jurídica para se cassar prefeito. “São razões de interesse político. Não podemos ser desonestos com o voto do eleitor”, afirmou.




Que despreparo deste Prefeito! E esta vereadora Luiza Ribeiro, deveria vestir uma roupa compativel com a ocasião, afinal ela esta ali representando os eleitores que a elegeu.
 
Mirtes Lourenço Camilo em 12/03/2014 22:44:54
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions