A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Domingo, 17 de Dezembro de 2017

06/11/2012 20:36

Mais de 40% dos candidatos deixam para prestar conta no fim do prazo

Nyelder Rodrigues e Helton Verão
Candidatos e contadores aguardam atendimento na fila. Senhas foram distribuídas (Foto: Helton Verão)Candidatos e contadores aguardam atendimento na fila. Senhas foram distribuídas (Foto: Helton Verão)

Mais de 40% dos candidatos nesta eleição de 2012 em Campo Grande deixaram para apresentar a prestação de contas das campanhas nesta tarde de terça-feira (6), quando vence o prazo.

Os candidatos tiveram mais de um mês para apresentar a contabilidade. Conforme o chefe de cartório do Tribunal Eleitoral Regional (TRE-MS), Wilson Borba, o movimento durante o mês foi tranquilo, e começou a ficar maior somente ontem (5).

A expectativa do TRE, segundo Borba, é de que aproximadamente 400 candidatos foram fazer a prestação de contas somente nesta tarde. Ontem, foram entregues 150 prestações de contas. Por pouco menos de 10 minutos, o sistema de registro das prestações ficou fora, por causa do congestionamento no sistema.

No local, ainda há uma grande fila e senhas foram distribuídas para os candidatos e contadores que estão no local. A distribuição foi feita até às 19h, sendo atendido apenas quem já tiver ela. O candidato que não prestar contas e tiver sido eleito, segundo Borba, não poderá assumir o cargo.

Fila – Uma das pessoas que estava na fila é o contador Marcelo Fernandes, de 25 anos. Ele foi levar a prestação de contas de 13 candidatos à Justiça Eleitoral. “Qualquer tipo de gasto feito na campanha tem que constar. Não pode ter diferença alguma”, conta.

Marcelo explica que os candidatos têm de abrir uma conta bancária para a campanha, onde as movimentações são monitoradas pela Justiça Eleitoral. Todas elas devem ser esclarecidas na prestação de contas.

O contador também conta que dos candidatos que representa, apenas um teve problemas por que perdeu um dos comprovantes de gastos. Nestes casos, o candidato é intimado e tem o prazo de 48 horas para explicar a divergência das contas.

Governo do Estado investe R$ 9,2 milhões em infraestrutura em Caracol
Caracol vai receber mais de R$ 2,8 milhões em obras a serem executadas pelo Governo do Estado em parceria com a prefeitura e deputados federais e est...
Assembleia vota Orçamento de R$ 14,4 bilhões de 2018 na terça-feira
O Orçamento de R$ 14,4 bilhões do Governo de Mato Grosso do Sul para 2018 passará pela votação em segunda discussão na terça-feira (19) na Assembleia...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions