ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  23    CAMPO GRANDE 32º

Política

Mandetta faz almoço com 7 partidos para se viabilizar como 3ª via à presidência

Ex-ministro da Saúde articula em Brasília para tentar consenso entre partidos que são contra “dois extremos"

Por Gabriela Couto | 16/06/2021 18:13
Articulador do encontro, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, à direita (Foto Pablo Jacob / Agência O Globo)
Articulador do encontro, o ex-ministro da Saúde Luiz Henrique Mandetta, à direita (Foto Pablo Jacob / Agência O Globo)

O ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), organizou almoço com líderes de sete partidos para discutir uma terceira via para as eleições de 2022. Ele tenta se viabilizar como nome de consenso entre as legendas discordantes da candidatura do presidente Jair Bolsonaro (sem partido) e também do ex-presidente Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Participaram os presidentes do PSDB, DEM, PV, Cidadania e Podemos, além de representantes do MDB e do Solidariedade.  Um novo encontro entre as siglas está marcado para os próximos 15 dias.

“A pandemia atrapalhou várias coisas, inclusive as conversas. Todos falavam por telefone, por vídeo... Então eu estava angustiado, pois falava com todos separadamente”, justificou Mandetta.

Segundo ele, os partidos entendem que "os dois extremos" não pacificam o país. É aí que o ex-ministro tenta se lançar como presidenciável para 2022.  “Há um conceito de unidade, de pacificação do país e de zelo pela democracia. Todos os partidos estão falando a mesma língua: os extremos agravam a crise brasileira. O compromisso de uma candidatura única começa. O compromisso é de caminhada, não de fim”, justificou.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário