ACOMPANHE-NOS    
SETEMBRO, QUINTA  16    CAMPO GRANDE 21º

Política

DEM analisa hoje as pesquisas com nome de Mandetta para presidente do Brasil

Começa hoje (24) a análise das pesquisas qualitativa e quantitativas com o nome do ex-ministro da Saúde

Por Gabriela Couto | 24/05/2021 12:12
Ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, tem dia importante dentro do DEM nesta segunda-feira (24) (Foto Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)
Ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta, tem dia importante dentro do DEM nesta segunda-feira (24) (Foto Marcelo Casal Jr/Agência Brasil)

Começa hoje (24) a análise das pesquisas qualitativa e quantitativas com o nome do ex-ministro da Saúde, Luiz Henrique Mandetta (DEM), para a Presidência da República. Os democratas se reúnem em Brasília (DF) para avaliar quantos votos o sul-mato-grossense teria se fosse o nome da terceira via hoje, para uma disputa com nomes de Jair Bolsonaro (sem partido) e Luiz Inácio Lula da Silva (PT).

Mandetta ficou conhecido pelos brasileiros após comandar a pasta da Saúde no começo da pandemia da covid-19. Mas foi demitido no dia 16 de abril de 2020. Para a eleição de 2022, o partido tem dois caminhos como os mais prováveis. Ou lança Mandetta, ou repete a fórmula de 2002, e declara neutralidade na disputa presidencial.

Dentro do partido ainda há a questão de um possível apoio ao PSDB, mas se tornaria difícil caso o nome de João Doria seja o escolhido. Também há resistência do partido para aliança com Ciro Gomes (PDT).

O fato é que faltam apenas 16 meses para a disputa das eleições de 2022. Neste momento com parte do DEM rachado entre apoio e oposição a Bolsonaro, nomes como o da ministra da Agricultura, Tereza Cristina, pode ser cotado como certo para uma das maiores baixas da legenda caso Mandetta saia presidente.

A janela partidária só abre em abril. Até lá, o ex-ministro da Saúde terá que dar motivos suficientes para o partido e os eleitores apostarem nele como o caminho do meio da atual polarização política que surgiu desde 2018.

A assessoria de imprensa confirmou a reunião do DEM nesta segunda-feira (24), mas não deu detalhes de quem irá participar, horário ou local até o fechamento da matéria. Já Mandetta não respondeu a reportagem.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário