A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 15 de Dezembro de 2017

24/02/2015 16:32

Manoel de Barros pode ser homenageado em ponte sobre Rio Paraguai

Monumento está localizada na cidade onde o poeta escolheu viver

Juliene Katayama
Marcio Fernandes apresentou projeto nesta terça-feira (Foto: Divulgação)Marcio Fernandes apresentou projeto nesta terça-feira (Foto: Divulgação)

O saudoso poeta Manoel de Barros que faleceu no dia 13 de novembro do ano passado ainda é lembrado com carinho. Agora seu nome poderá ser eternizado na ponte sobre o Rio Paraguai, na BR-262, ser o projeto apresentado pelo deputado estadual Marcio Fernandes (PTdoB), apresentado nesta terça-feira (24), for aprovado.

Cuiabano de nascimento, Manoel de Barros poderá receber a homenagem na cidade onde decidiu adotar, Corumbá. De acordo com Marcio, a ponte “Poeta Manoel de Barros” é uma maneira de fazer uma homenagem àquele que soube retratar com uma linguagem simples e envolvente os cenários sul-mato-grossenses.

"Denominar esta ponte será uma maneira de agradecer àquele que através dos seus versos conduziu seus leitores a uma viagem pelo Pantanal. Manoel de Barros é eterno através de suas obras e poderá ser relembrado a cada viagem para esta região", explicou Marcio Fernandes.

Para a neta do poeta, Joana de Barros, a homenagem é uma honra para a família, principalmente por ser uma ponte muito utilizada pelos familiares. "Meu avô passou sua infância em Corumbá, temos propriedades rurais nesta região e a cada viagem para lá com certeza ficará ainda mais especial passar por esta ponte", ressaltou Joana.

Histórico - Reconhecido internacionalmente pelos seus versos, em 1986, foi considerado pelo poeta Carlos Drummond de Andrade o maior poeta brasileiro vivo. Manoel de Barros deixou sete décadas de legado, recebeu inúmeros prêmios literários, escreveu mais de 20 livros de poesia, além de obras infantis e relatos autobiográficos.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions