ACOMPANHE-NOS    
AGOSTO, SEGUNDA  02    CAMPO GRANDE 15º

Política

Marquinhos apresenta projeto para reestruturar e economizar na prefeitura

Meta é retomar equilíbrio financeiro desestabilizado após pandemia da covid-, mas prefeitura não fala em valores economizados

Por Silvia Frias e Clayton Neves | 18/02/2021 10:21
Na chegada à Câmara, Marquinhos fala da reestruturação (Foto: Paulo Francis)
Na chegada à Câmara, Marquinhos fala da reestruturação (Foto: Paulo Francis)

Na sessão inaugural da Câmara Municipal de Vereadores, hoje, o prefeito de Campo Grande, Marquinhos Trad (PSD) apresentou o projeto de reestruturação administrativa, um dos planos para redução de gastos e otimização dos serviços. A prefeitura não apresentou expectativa de valores a serem economizados, mas diz que segue a tendência de enxugamento imposta pela pandemia.

Na chegada à Câmara, Marquinhos Trad disse que as mudanças seguem reestruturação também organizada pelo governo estadual. “Administrativamente, os poderes devem andar de mãos dadas”, avaliou.

De acordo com texto da reestruturação administrativa protocolado na Câmara hoje, as alterações tornaram-se ainda mais importantes por conta do desequilíbrio financeiro causado após pandemia da covid-19.

“Cada centavo economizado na reestruturação administrativa da Prefeitura Municipal de Campo Grande será direcionado à aplicação em programas e ações de retomada do desenvolvimento econômico da cidade, estagnado em razão da pandemia de Covid-19, e combate à exclusão social”.

Entre as metas, “reduzir significativamente os gastos administrativos com as atividades de suporte, hoje responsáveis por grande parte do gasto público municipal”. No projeto, também consta a racionalização de distribuição de funções institucionais entre os órgãos da administração direta.

Nesta reformulação, são citados as subsecretarias e órgãos relacionados diretamente às secretarias de Governo e Relações Institucionais, além da estrutura do gabinete do prefeito, porém, também sem falar em valores ou redução de cargos.

Também está prevista a revisão de práticas e procedimentos para compra de materiais, serviços e obras, a mudança do nome da Controladoria-Geral de Fiscalização e Transparência para Controladoria-Geral do Município.

Outro projeto do Executivo apresentado pelo prefeito é o de restruturação do Nev (Núcleo de Evidências), que trata da divulgação e síntese do conhecimento científico, informações que serão usadas nas ações das secretarias, principalmente, a de Saúde.

Nos siga no Google Notícias
Regras de comentário