A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 23 de Janeiro de 2020

15/12/2019 11:03

MDB deixa para fevereiro a definição de nome à prefeitura da Capital

Em convenção estadual lideranças alegam que nome de indicado pelo partido só deverá sair no próximo ano

Rosana Siqueira e Jones Mário
Junior Mochi recebeu a presidência estadual do MDB de André Puccinelli (Foto: Kísie Ainoã)Junior Mochi recebeu a presidência estadual do MDB de André Puccinelli (Foto: Kísie Ainoã)

O MDB empurrou para fevereiro a definição sobre quem será o candidato a prefeitura de Campo Grande nas eleições do próximo ano. A intenção ficou bem clara hoje durante a convenção estadual do partido, que acontece na Adepol.

De acordo com Júnior Mochi, que assumiu a presidência da legenda de André Puccinelli, agora "honorário", uma coisa é certa: o ex-governador não vai disputar dessa vez. “Vamos tentar a partir de fevereiro definir o candidato. Já temos alguns nomes”, salientou sem detalhar os indicados. Mochi reiterou que sua intenção é não sair como candidato mas sim ajudar os companheiros tanto em Campo Grande quanto no interior. “Quero ajudar na articulação de candidaturas na Capital e no interior”, frisou.

O presidente do MDB ainda defendeu que Campo Grande tem que ter candidato próprio do partido em 2020. Nas últimas reuniões do partido chegou a ser ventilado que um dos prováveis candidatos seria o deputado estadual Márcio Fernandes. O que não se confirmou até o momento. Ainda existem rumores de que o MDB possa trazer um candidato de fora do partido para compor a cabeça de chapa. Mas as trativas finais só devem sair em fevereiro.

Puccinelli - Presente na convenção, o ex-governador de MS André Puccinelli voltou a reafirmar que não é candidato. “Estou afirmando, reafirmando, triafirmando, tetrafirmando, pentafirmando que não sou candidato a prefeitura da Capital”, adiantou.

Campo Grande News - Lista Vip WhatsApp
imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions