A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 19 de Outubro de 2018

17/09/2018 10:49

Meirelles defende incentivo à produção e tecnologia para a fronteira

Presidenciável veio a Campo Grande a convite do setor empresarial e produtivo de MS

Mayara Bueno e Leonardo Rocha
Henrique Meirelles, do MDB, durante entrevista à imprensa nesta segunda-feira (dia 17). (Foto: Henrique Kawaminami).Henrique Meirelles, do MDB, durante entrevista à imprensa nesta segunda-feira (dia 17). (Foto: Henrique Kawaminami).

No agronegócio, políticas que incentivem a produção e promova segurança jurídica e, na fronteira, investimento em tecnologia e inteligência. Essas são as principais pautas trazidas pelo candidato a presidente da República Henrique Meirelles (MDB), que cumpre agenda de campanha em Campo Grande, nesta segunda-feira (dia 17).

O presidenciável foi convidado pelo setor empresarial e produtivo de Mato Grosso do Sul para evento que ocorre na Fiems (Federação das Indústrias de MS). Com ele, estão Junior Mochi (MDB), candidato ao Governo do Estado, senadores Simone Tebet e Waldemir Moka, além da candidata a vice de Mochi, Tânia Garib.

"Precisa de segurança jurídica no campo, para que os produtores tenham tranquilidade de tocar seus negócios". Se eleito, afirma Meireles, vai investir em firmar parcerias com o governo estadual na produção de alimentos.

O presidenciável lembrou que MS lidera a produção de grão e que o mercado asiático está "com apetite maior para comprar produtos, aumentando sua demanda deste setor". Neste contexto, o Brasil será o celeiro de produtos e Estado "o destaque neste setor".

"A segurança na fronteira, questão forte no Estado, Henrique Meirelles disse que vai, caso eleito, tratar a região com "tecnologia e inteligência policial". "Existem satélites em condição de funcionamento para mapear toda a fronteira".

Aumento de efetivo da PF (Polícia Federal) na região fronteiriça, além de negociação diplomática com os países Paraguai e Bolívia - ambos têm cidades que fazem fronteira com o Brasil -, para que tenha policiais nos dois lados, também são propostas do candidato. Quer implantar, no primeiro dia de governo em uma eventual vitória, o Sisfron (Sistema Integrado de Monitoramento de Fronteiras).

A entrevista coletiva foi concedida antes do evento na Fiems. Meireles ainda vai ao Mercadão Municipal e depois visita Ponta Porã.



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions