A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Segunda-feira, 18 de Dezembro de 2017

19/05/2015 13:03

Membros da CPI Enersul levam documentos ao TJ nesta quarta-feira

Juliana Brum
Relator da CPI Enersul/Energisa declara que comissão preparou diversas justificativas para que Comissão volte aos trabalhosRelator da CPI Enersul/Energisa declara que comissão preparou diversas justificativas para que Comissão volte aos trabalhos

Membros da CPI da Enersul vão ao TJ - MS (Tribunal de Justiça do MS) nesta quarta-feira (20), às 11 horas para entregar documentação que justifique o retorno das investigações.

Segundo o relator, deputado Beto Pereira (PDT), a Energisa alega que não há interesse público nesta CPI, mas afirma que o objetivo é investigar se os desvios de dinheiro não contribuíram no aumento da energia.

"Não quero especificar agora as justificativas que apresentaremos ao TJ, por serem inúmeras. Mas na tribuna irei esclarece-las" declarou o deputado Beto Pereira (PDT).

Ação - O desembargador Dorival Pavan concedeu liminar que suspende a CPI da Enersul, após a Energisa, entrar com um mandato de segurança contra a investigação, alegando que vem cumprindo sua parte, nos investimentos no Estado, demostrando “forte empenho e serviço de qualidade” e que não tem qualquer envolvimento com fatos narrados na CPI, que foi batizada de “Enersul/Energisa”.

A empresa ressaltou que a decisão do magistrado reforça o posicionamento da Aneel (Agência Nacional de Energia Elétrica) de que não houve e não haverá qualquer influência dos fatos investigados, na fixação da tarifa de energia para o consumidor do Mato Grosso do Sul.

 



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions