A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sábado, 16 de Dezembro de 2017

19/11/2015 15:57

Ministro discute ampliação da TV digital e universalização da internet

Figueiredo participa de reuniões à tarde em Campo Grande com representantes de emissoras e o governador Reinaldo Azambuja

Michel Faustino
Ministro afirmou que até o dia 30 de dezembro de 2018 todas as emissoras deverão aderir ao sinal digital. (Foto: Marcos Ermínio)Ministro afirmou que até o dia 30 de dezembro de 2018 todas as emissoras deverão aderir ao sinal digital. (Foto: Marcos Ermínio)

O ministro das Comunicações, André Figueiredo, chegou a Mato Grosso do Sul na tarde desta quinta-feira (19), para se reunir com o governador Reinaldo Azambuja (PSDB) afim de discutir  temas relacionados com a radiodifusão, incluindo a implantação da TV Digital, migração e outorgas para as rádios e a universalização da internet. Representantes da Aerms (Associação das Emissoras de Radiodifusão de MS), das televisões locais e das rádios comunitárias também participarão dos encontro.

No aeroporto de Campo Grande, o ministro, que chegou acompanhado do novo presidente dos Correios, Giovanni Queiroz, e foi recebidos pelos deputados estaduais Felipe Orro, George Takimoto e pelo deputado federal Dagoberto Nogueira, do PDT, concedeu uma breve entrevista coletiva à imprensa, e antecipou que a reunião desta tarde tem como objetivo fortalecer os laços do ministério com o seguimento da radiodifusão em Mato Grosso do Sul, bem como , iniciar a discussão para a ampliação do sinal digital, além de implementar o Plano Nacional da Banda Larga, que prevê a universalização da internet.

"O objetivo é levar a internet de alta velocidade a 70% dos municípios e 95% da população até 2018", garantiu o ministro.

Dentro dos projetos de expansão da conectividade no país, o ministro pontuou o projeto Cidades Digitais, que leva uma rede de fibra óptica para 47 cidades brasileiras. O programa do Ministério das Comunicações interliga os órgãos públicos com a rede de internet e ainda oferece pontos públicos de acesso gratuito à internet.

Radiodifusão - Figueiredo revelou que a presidente Dilma Rousseff (PT) vai assinar, no próximo dia 24, o decreto que estabelece as tarifas divididas em seis faixas de valores para mudanças nas frequencias AM para FM. Essa tabela foi elaborada levando em consideração fatores como abrangência, localização e alcance das emissoras.

Existem atualmente, no Brasil, 1.781 emissoras de rádio AM, sendo que 1.386 pediram para mudar para de faixa. O ministro disse que cerca de 1 mil rádios AM poderão fazer a migração para FM já em 2016. "As tarifas estão dentro do que o setor de radiodifusão espera e também adequadas para que o governo promova essa mudança."

Sinal digital - O ministro garantiu que o desligamento-piloto do sinal analógico de TV, previsto para ocorrer em Rio Verde (GO) no dia 29 de novembro, manterá a meta de cobertura de 93% das residências com acesso ao sinal digital, não incluindo residências que acessam o sinal digital via TV por assinatura ou parabólica. Conforme o ministro, até o dia até 30 de dezembro de 2018 vai mudar completamente o sinal.

Temer diz que adiamento da reforma da Previdência foi 'ótimo' para ganhar votos
O presidente Michel Temer procurou mostrar otimismo ao falar sobre a reforma da Previdência ao dar posse ao deputado federal Carlos Marun (PMDB-MS) c...
Diretor da PF entrega ao STF relatório de investigação sobre ministros
O diretor-geral da Polícia Federal, Fernando Segóvia, entregou hoje (15) à ministra Cármen Lúcia, presidente do Supremo Tribunal Federal (STF), um re...
TRE realiza plantão para cadastramento biométrico neste sábado na Capital
O TRE-MS (Tribunal Regional Eleitoral de Mato Grosso do Sul) realiza neste sábado mais um plantão para atender eleitores de Campo Grande que ainda nã...


imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions