A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Sexta-feira, 18 de Agosto de 2017

04/10/2013 08:10

Ministro participa hoje de audiência pública e reunião do PT na Capital

Leonardo Rocha
Ministro irá debater os rumos da educação na Assembleia Legislativa (Foto: Divulgação)Ministro irá debater os rumos da educação na Assembleia Legislativa (Foto: Divulgação)

O ministro da Educação, Aluísio Mercadante, estará hoje em Campo Grande onde participa de audiência pública sobre os rumos da educação nos Estados e municípios, a partir das 14h, na Assembleia Legislativa. Depois ás 18h, se reúne com lideranças do PT para discutir política interna do partido na Fetems.

A audiência que será realizada no legislativo estadual deve reunir professores, sindicatos e secretários municipais do Estado que pretendem ampliar este debate junto ao representante do governo federal. De acordo com os organizadores do evento, a chegada do ministro a Campo Grande deve ocorrer no inicio da tarde, onde ele segue direto para Casa de Leis.

Após o evento, está marcada uma reunião interna do PT a partir das 18h, na Fetems (Federação dos Trabalhadores em Educação de Mato Grosso do Sul). De acordo com o deputado federal Antônio Carlos Biffi (PT), a direção estadual do PT deve discutir junto ao ministro as eleições internas do partido que acontecem no final do ano em todo país.

Na pauta também deve ser debatido as articulações do PT para eleição de 2014, que tem em Mato Grosso do Sul a candidatura do senador Delcídio do Amaral (PT) e a reeleição da presidente Dilma Rousseff (PT).

Biffi negou que Mercadante esteja vindo a Campo Grande para tentar articular uma aliança estadual com o PMDB, de acordo com ele, estas conversas devem ficar para depois, pois ainda é muito “cedo” para definir as parcerias para 2014.

Ministro da Educação confirma vinda a Campo Grande na sexta-feira
O ministro da Educação, Aloizio Mercadante confirmou, no início da tarde de hoje, a visita a Campo Grande na tarde de sexta-feira. Ele vem participar...
Planalto vai retirar cargos de cerca de 40 deputados que votaram contra Temer
O presidente Michel Temer deve começar a punir nas próximas semanas cerca de 40 deputados da base aliada que votaram a favor da denúncia apresentada ...



imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions