A notícia da terra a um clique de você.
Campo Grande, Quinta-feira, 17 de Agosto de 2017

18/11/2015 12:45

Mochi diz que fará convênio com Agesul para reforma na Assembleia

Leonardo Rocha
Junior Mochi disse que obra deve começar no recesso parlamentar (Foto: Assessoria/ALMS)Junior Mochi disse que obra deve começar no recesso parlamentar (Foto: Assessoria/ALMS)

O presidente da Assembleia, o deputado Junior Mochi (PMDB), diz que fará um convênio com a Agesul (Agência Estadual de Gestão de Empreendimentos), para iniciar uma reforma nos gabinetes e estruturas da Casa de Leis. Ele vai utilizar o recurso arrecadado com a venda da folha dos servidores, que rendeu R$3,25 milhões.

"Já fizemos uma reunião com a Agesul, para celebrarmos um convênio, com abertura de licitação, para que eles possam conduzir a obra, nós vamos transferir recursos de acordo com a execução, por termos um tempo curto de mandato, não queremos ser os responsáveis diretos", disse ele.

Mochi explicou que já foi até designado o engenheiro Luís Jorge, o mesmo que esteve a frente da obra da UEMS (Universidade Estadual de MS), em Campo Grande. "Primeiro vamos definir o que vamos fazer, sempre levando em conta o que é prioridade e precisa de reformas para ontem".

O presidente disse que primeiro quer tocar a reforma do prédio, em relação a gabinetes e salas que precisam de adequações, assim como várias mudanças. "Esperamos começar esta parte no recesso parlamentar, para que na volta já esteja pronto". Depois quer a conclusão inclusive do anexo da Assembleia, que foi iniciado há vários anos.

"Esperamos terminar tudo até o final do ano, tendo gabinetes de tamanhos iguais e bem adequados, exceto a 1° secretária e presidência que são maiores, porque tem outras finalidades, depois melhorar ao trabalho, tendo televisão em cada um (gabinete), com notebooks aos parlamentares, no plenário".

Recurso - A Assembleia Legislativa vendeu a folha dos servidores para o Banco HSBC, pelo preço de R$ 3,25 milhões, após licitação que teve apenas um interessado. A Mesa Diretora contratou uma empresa para avaliar o valor desta folha, quando se chegou a esta quantia mínima. Por este trabalho, a Techcorp Participações e Negócios Ltda vai receber R$ 520 mil.




imagem transparente

Classificados


Desenvolvido por Idalus Internet Solutions